anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Juiz manda leiloar fazenda de Bezerra onde filho se escondeu após duplo homicídio

Juiz manda leiloar fazenda de Bezerra onde filho se escondeu após duplo homicídio

access_time25/01/2023 12:13

A Justiça de Mato Grosso determinou o leilão da Fazenda São Carlos, de propriedade do deputado feder

Mulher morre após S10 bater contra carreta; menina de 3 anos foi arremessada

Mulher morre após S10 bater contra carreta; menina de 3 anos foi arremessada

access_time01/03/2023 06:37

Dilma Pereira Soares, 54 anos, morreu após a caminhonete Chevrolet S10 em que estava bater contra um

Casa de prefeito é atacada em Peixoto de Azevedo

Casa de prefeito é atacada em Peixoto de Azevedo

access_time13/04/2023 07:49

O muro da casa do prefeito de Peixoto de Azevedo, foi depredado na noite desta quarta-feira (12). O

Mato Grosso

“Advocacia é atividade de risco; é preciso avançar no porte de arma”

“Advocacia é atividade de risco; é preciso avançar no porte de arma”

access_time13/07/2024 20:19

A presidente da OAB-MT, Gisela Cardoso, disse considerar a advocacia como uma “atividade de risco” e defendeu o direito ao porte de arma de fogo aos profissionais. Para ela, a medida traria uma igu...

Polícia Militar apreende armas de fogo, munições e prende integrante de organização criminosa

Polícia Militar apreende armas de fogo, munições e prende integrante de organização criminosa

access_time13/07/2024 09:18

Policiais militares do 12º Batalhão apreenderam, na noite desta sexta-feira (12.07), três armas de fogo, 54 munições e dois carregadores durante abordagem no município de Sorriso. Na ação, três homens...

Polícia Civil prende em flagrante pai de bebê vítima de estupro seguido de morte

Polícia Civil prende em flagrante pai de bebê vítima de estupro seguido de morte

access_time13/07/2024 07:11

O pai de um bebê de apenas 7 meses foi autuado em flagrante pela Polícia Civil, pelo crime de estupro de vulnerável seguido de morte, na noite de quarta-feira (10.07), no município de Canarana. A c...

Brasil

Lula, Bolsonaro e Tarcísio de Freitas condenam atentado contra Donald Trump

Lula, Bolsonaro e Tarcísio de Freitas condenam atentado contra Donald Trump

access_time13/07/2024 22:01

Autoridades brasileiras se manifestaram após o ex-presidente Donald Trump ter sido alvo de um atentado neste sábado (13), durante um comício em Butler, na Pensilvânia. O incidente ocorreu enquanto Trump discursava, quando o som de um tiro foi ouvido. O ex-presidente americano abaixou e, ao se levantar, apresentava sangue na orelha e na bochecha. A campanha do candidato republicano informou que ele está bem. O presidente do Brasil. Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenou o atentado em suas redes sociais, enfatizando a importância da defesa da democracia e do diálogo na política. “O atentado contra o ex-presidente Donald Trump deve ser repudiado veementemente por todos os defensores da democracia e do diálogo na política. O que vimos hoje é inaceitável”, declarou Lula em sua conta oficial no X (antigo Twitter). O ex-presidente Jair Bolsonaro também se manifestou, expressando solidariedade a Trump e desejando sua pronta recuperação. “Nossa solidariedade ao maior líder mundial do momento. Esperamos sua pronta recuperação. Nos veremos na posse”, escreveu Bolsonaro em suas redes sociais, projetando a vitória do republicano sobre o democrata Joe Biden em novembro. O governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), também demonstrou apoio a Trump, desejando que ele se recupere rapidamente e possa continuar com sua campanha. “Minha solidariedade a Donald Trump. Desejo pronta recuperação e que esteja de volta em breve às ruas para dar seguimento a sua campanha”, afirmou Tarcísio, também no X. O atentado, descrito pelos republicanos como um “crime de ódio”, gerou ampla repercussão e solidariedade internacional. O bilionário Elon Musk, dono da Tesla, da SpaceX e do X, manifestou solidariedade a Trump e anunciou seu apoio a ele nas eleições americanas.

Mundo

Milei diz que Trump foi vítima de ‘tentativa covarde de assassinato’ e fala em ‘desespero da esquerda internacional’

Milei diz que Trump foi vítima de ‘tentativa covarde de assassinato’ e fala em ‘desespero da esquerda internacional’

access_time13/07/2024 22:02

O presidente argentino Javier Milei manifestou seu apoio ao ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump após o atentado durante um comício em Butler, na Pensilvânia. Em comentário na rede social X (antigo Twitter). Milei se solidarizou ao candidato republicano à presidência dos EUA e atacou a esquerda mundial. “Todo o meu apoio e solidariedade ao presidente e candidato Donald Trump, vítima de uma tentativa covarde de assassinato que colocou em risco a sua vida e a de centenas de pessoas. O desespero da esquerda internacional não é surpreendente, pois hoje vê a sua ideologia nociva expirar e está disposta a desestabilizar as democracias e a promover a violência para chegar ao poder. Com medo de perder nas urnas, recorrem ao terrorismo para impor a sua agenda retrógrada e autoritária. Espero a rápida recuperação do presidente Trump e que as eleições nos Estados Unidos sejam realizadas de forma justa, pacífica e democrática”, disse Milei. Outros líderes mundiais se manifestaram sobre o ataque a Trump, incluindo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e sua esposa Sara, manifestaram solidariedade ao republicano. O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, também expressou apoio, assim como a presidente de Honduras, Xiomara Castro de Zelaya, que lamentou a violência no processo eleitoral americano. Membros do Partido Democrata, como o senador Bob Casey e a vice-presidente Kamala Harris, ofereceram apoio às investigações. O atentado ocorreu neste sábado (13), durante um comício. Sons de tiros interromperam o discurso de Trump, que foi rapidamente retirado do palco por sua equipe de segurança. O ex-presidente apresentava manchas de sangue na orelha, mas sua campanha afirmou que ele está bem e passará por exames. O atirador e um dos apoiadores de Trump foram mortos.