Spigreen
Notícias recentes
Relatório da MP do Saneamento pode ser votado hoje

Relatório da MP do Saneamento pode ser votado hoje

access_time07/05/2019 08:20

A comissão mista da Medida Provisória 868/18, que muda as regras para o setor de saneamento, pode vo

Incêndio destrói 4 mil hectares de vegetação na Serra da Petrovina em MT

Incêndio destrói 4 mil hectares de vegetação na Serra da Petrovina em MT

access_time21/08/2019 10:39

O incêndio que teve início na segunda-feira (19) destruiu 4 mil hectares de vegetação na Serra da Pe

Meninas tentam salvar irmã de 5 anos de afogamento e as 3 morrem afogadas

Meninas tentam salvar irmã de 5 anos de afogamento e as 3 morrem afogadas

access_time06/08/2018 16:08

Três crianças, de 9, 10 e 13 anos, morreram afogadas no Rio São João nesse domingo (5), em Nova Band

Mato Grosso

Motorista de caminhão é detido com 10 mil dólares escondidos na cabine do veículo em MT

Motorista de caminhão é detido com 10 mil dólares escondidos na cabine do veículo em MT

access_time18/11/2020 09:17

Um motorista de caminhão foi detido com 10 mil dólares escondidos na cabine do veículo dele, abordado por policiais rodoviários na tarde dessa terça-feira (17), na BR-070 em Barra do Garças, a 516 km ...

Mato Grosso disponibiliza R$ 160 milhões para recuperação da pecuária do Pantanal

Mato Grosso disponibiliza R$ 160 milhões para recuperação da pecuária do Pantanal

access_time18/11/2020 09:15

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Codem) aprovou nesta terça-feira (17) o remanejamento de R$ 160 milhões do FCO Empresarial para o FCO Rural e atendimento prioritário a...

Mato Grosso registra 153.455 casos e 4.056 óbitos por Covid-19

Mato Grosso registra 153.455 casos e 4.056 óbitos por Covid-19

access_time18/11/2020 09:06

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (17.11), 153.455 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.056 óbitos em decorrência do corona...

Brasil

Pix: novo sistema de pagamento instantâneo entra em funcionamento

Pix: novo sistema de pagamento instantâneo entra em funcionamento

access_time16/11/2020 08:07

Depois da fase de operação restrita, o Pix, sistema de pagamento instantâneo entra em funcionamento pleno hoje (16). Todas as pessoas e empresas com conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das 762 instituições aprovadas pelo Banco Central já podem fazer transferências pelo novo sistema que vai funcionar por 24h todos os dias. Desde o dia 5 de outubro, pessoas e empresas estão fazendo o cadastro das chaves Pix, para identificar a conta para receber pagamentos e transferências. E a fase restrita de operação ocorreu de 3 a 15 deste mês, com horários específicos para fazer as transações, disponível apenas para alguns clientes selecionados pelas instituições financeiras. Segundo o Banco Central, não há limite mínimo para pagamentos ou transferências via Pix. As instituições que ofertam o Pix podem estabelecer limites máximos de valor para reduzir de riscos de fraude, lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo. Para fazer transferência ou pagamento, bastar ter a chave de quem vai receber o dinheiro, em vez de informações sobre agência, conta e dados pessoais do recebedor. A chave Pix previamente cadastrada pode ser CPF, CNPJ, e-mail, número de celular ou chave aleatória (uma sequência alfanumérica gerada aleatoriamente que poderá ser utilizada por usuários que não queiram vincular seus dados pessoais às informações de sua conta). O recebedor também pode gerar QR Codes. O Pix deve ser gratuito para pessoas físicas nas operações de transferência e de compra. As exceções serão o recebimento de vendas de produtos e de serviços, que poderão ser tarifadas pelas instituições financeiras. Também pode haver cobrança se os clientes (pessoas físicas e jurídicas) que, podendo fazer a transação por meio eletrônico (site ou aplicativo), preferir fazê-la presencialmente ou por telefone. Nesse caso, as instituições poderão cobrar tarifas. Em relação às pessoas jurídicas, as instituições financeiras poderão cobrar tarifa tanto no envio como no recebimento de dinheiro por meio do Pix. Serviços acessórios ligados ao pagamento e ao recebimento de recursos também poderão ser tarifados. No site do Banco Central, há perguntas e respostas sobre o novo sistema de pagamentos.

Classificados

Mundo

Presidente argentino envia ao Congresso projeto que legaliza aborto

Presidente argentino envia ao Congresso projeto que legaliza aborto

access_time18/11/2020 08:55

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, enviou nessa terça-feira (17) ao Congresso um projeto para a legalização do aborto, medida bastante esperada pelos movimentos de mulheres que há anos pedem sua aprovação.  A iniciativa, que conta com amplo respaldo social, mas que é fortemente questionada pelos setores religiosos da sociedade argentina, legalizaria a "interrupção voluntária da gravidez".  "Minha convicção é que o Estado acompanhe todas as pessoas gestantes em seus projetos de maternidade. Mas também estou convencido de que é responsabilidade do Estado cuidar da vida e da saúde de quem decide interromper a gravidez durante os primeiros momentos de seu desenvolvimento", disse Fernández em mensagem publicada nas redes sociais.  Atualmente, vigora na Argentina uma lei de 1921 que permite a interrupção voluntária da gravidez apenas quando há riscos graves para a mãe ou em caso de estupro. Ativistas dizem, no entanto, que muitas vezes as mulheres não recebem os cuidados adequados e citam diferenças de acordo com regiões e classes sociais. Em 2018, o projeto de descriminalização do aborto foi votado no Congresso, mas não chegou a ser aprovado por margem estreita.  "O debate não é dizer sim ou não ao aborto. Os abortos ocorrem de forma clandestina e colocam em risco a saúde e a vida da mulheres que a eles se submetem. Portanto, o dilema que devemos superar é se os abortos serão realizados na clandestinidade ou no Sistema de Saúde argentino", disse Fernández.