Spigreen
Notícias recentes
Bolsonaro tem 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%

Bolsonaro tem 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%

access_time16/10/2018 09:20

A menos de duas semanas do segundo turno da eleição presidencial, Jair Bolsonaro (PSL) tem 59% dos v

Kim Jong-un se compromete com desnuclearização completa após encontro com Trump em Singapura

Kim Jong-un se compromete com desnuclearização completa após encontro com Trump em Singapura

access_time12/06/2018 07:07

A Coreia do Norte se comprometeu com a desnuclearização completa da península coreana nesta terça-fe

Senado aprova fim de cobrança na escolha de assento em avião

Senado aprova fim de cobrança na escolha de assento em avião

access_time09/08/2018 08:24

Os senadores aprovaram nesta quarta-feira (8) projeto que proíbe companhias aéreas de cobrarem valor

Mato Grosso

Vela causa incêndio e irmãos morrem carbonizados dentro de casa

Vela causa incêndio e irmãos morrem carbonizados dentro de casa

access_time19/04/2021 09:40

Dois irmãos, identificados como Valdecir de Paula e Jacir de Paula, morreram após serem carbonizados em um incêndio que atingiu a casa onde estavam, em Matupá. O caso ocorreu no sábado (17). Segund...

Em live, Maraísa revela namoro com deputado de Mato Grosso

Em live, Maraísa revela namoro com deputado de Mato Grosso

access_time19/04/2021 07:35

O deputado estadual Ulyssses Moraes (PSL) engatou um namoro com a cantora sertaneja Maraísa, que faz dupla com a irmã Maiara. A revelação foi feita pela própria intérprete, que tem 33 anos, em live...

Fiscalização apreende quatro tratores e aplica R$ 30 milhões em multas por crimes ambientais em MT

Fiscalização apreende quatro tratores e aplica R$ 30 milhões em multas por crimes ambientais em MT

access_time18/04/2021 06:42

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema-MT) apreendeu quareo tratores e aplicou R$ 30 milhões em multas por crimes ambientais durante a terceira fase da Operação Tolerância Zero contra crimes amb...

Brasil

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho

access_time18/04/2021 11:27

Trabalhadores informais nascidos em junho começam a receber hoje (18) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente. O saque da primeira parcela foi antecipado em 15 dias. O calendário de retiradas, que iria de 4 de maio a 4 de junho, passou para 30 de abril a 17 de maio. Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no início do mês. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada. Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O pagamento da primeira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou na sexta-feira (16) e segue até o dia 30. Amanhã (19), recebem os beneficiários com NIS de final 2. O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social. A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Classificados

Mundo

Uefa ameaça punir clubes europeus em caso de criação de um novo torneio continental em substituição à Liga dos Campeões

Uefa ameaça punir clubes europeus em caso de criação de um novo torneio continental em substituição à Liga dos Campeões

access_time18/04/2021 14:05

A Uefa ameaçou neste domingo punir os grandes clubes Europeus, caso seja confirmado a criação de uma nova liga continental sem aval da entidade. A nova competição já teria o apoio de pelo menos 12 grandes times da Inglaterra, Espanha e Itália. A informação foi publicada neste domingo pelo jornal "The New York Times" e deveria ser confirmada neste noite pelos times ingleses. Na nota, a Uefa diz ter o apoio das federações e ligas da Inglaterra, Espanha, Itália, além da Fifa, para barrar a iniciativa dos clubes. A Uefa diz que "o projeto se baseia no interesse de alguns clubes em um momento em que a sociedade precisa mais do que nunca da solidariedade". Os clubes da Alemanha e da França são contra a iniciativa da superliga. Segundo a reportagem do jornal norte americano, pelo menos 12 times se inscreveram como membros fundadores ou manifestaram interesse em ingressar no grupo separatista, incluindo seis times da Premier League da Inglaterra, três da Espanha e três da Itália. Até agora, nenhum clube se pronunciou oficialmente. O anúncio da criação de uma nova competição organizada pelos grandes clubes da Europa é um duro golpe na Uefa, que pretendia anunciar nesta segunda novidades na próxima edição da Liga dos Campeões. Segundo a reportagem do jornal americano, o novo torneio contaria com 16 clubes permanentes, semelhantes ao modelo de franquia das grandes ligas dos Estados Unidos. Outros quatro times se classificariam numa eliminatória. Pelo modelo apresentado, os clubes seriam divididos em dois grupos de 10, com os quatro melhores times de cada grupo se classificando para a fase de mata-mata, culminando em uma final que aconteceria em um fim de semana. A Uefa não descarta entrar na Justiça contra os clubes rebeldes. "O futebol é baseado em competições abertas e mérito esportivo; não pode ser de outra maneira", diz a nota da entidade que comanda o futebol na Europa. A Uefa ameaçou também punir os atletas dos clubes de não participarem de competições internacionais.