anuncie aqui
Notícias recentes
Nestes dia 28 e 29 de junho tem Pesagem do Bolsa Família

Nestes dia 28 e 29 de junho tem Pesagem do Bolsa Família

access_time26/06/2018 12:40

Será realizado nesta quinta-feira e sexta-feira dias 28 e 29 de junho de 2018 o mutirão de pesagem d

Cruzeiro e Fluminense trocam Bruno Silva por Jadson

Cruzeiro e Fluminense trocam Bruno Silva por Jadson

access_time01/01/2019 09:08

Está tudo certo entre Cruzeiro e Fluminense para que os volantes Bruno Silva e Jadson troquem de clu

Sisu abre inscrições para mais de 235 mil vagas

Sisu abre inscrições para mais de 235 mil vagas

access_time22/01/2019 09:13

Começam hoje (22) as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que vão até sexta-feira (25)

Mato Grosso

Páscoa no Departamento de Cultura de Peixoto de Azevedo

Páscoa no Departamento de Cultura de Peixoto de Azevedo

access_time25/04/2019 07:47

O Departamento Municipal de Cultura de Peixoto de Azevedo e a Biblioteca Pública Rubem Alves através de seus servidores prepararam seus próprios ovos de páscoa que foram distribuídos a todas as crianç...

Jovem é encontrada desmaiada na rua com marcas de espancamento e está internada em estado grave em MT

Jovem é encontrada desmaiada na rua com marcas de espancamento e está internada em estado grave em MT

access_time25/04/2019 07:41

Uma jovem de 27 anos foi encontrada desacordada na madrugada de sábado (20) em Peixoto de Azevedo. Solange Silva Tavares foi achada na rua com sinais de espancamento e levada inconsciente para o Hospi...

Policiais prendem 204 pessoas na Operação #PC27 em Mato Grosso

Policiais prendem 204 pessoas na Operação #PC27 em Mato Grosso

access_time25/04/2019 07:37

A Polícia Civil de Mato Grosso prendeu 204 pessoas suspeitas de envolvimento em crimes graves como homicídio, roubo e estupro. A Operação Nacional, denominada #PC27, foi deflagrada simultaneamente nes...

Brasil

STJ mantém decisão que autoriza aéreas a cobrar bagagem despachada

STJ mantém decisão que autoriza aéreas a cobrar bagagem despachada

access_time25/04/2019 06:26

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu quarta-feira (24) que a Justiça Federal no Ceará deve julgar a questão sobre a validade da resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que permitiu a cobrança pelo despacho de bagagem pelas companhias aéreas no Brasil. Com isso, fica mantida a decisão daquela instância que permitiu a cobrança pelo despacho dos volumes. Por maioria de votos, a Primeira Seção do STJ também decidiu que a Justiça do Ceará é a responsável pelo julgamento do caso. Desde a entrada em vigor da Resolução nº 400/2016 da Anac, houve várias decisões judiciais conflitantes sobre o tema. O caso foi decidido com base em um recurso da Anac e do Ministério Público Federal (MPF), que queria a suspensão das regras. A autorização para que as empresas passem a cobrar pelos itens despachados foi aprovada pela Anac em dezembro de 2016 e entrou em vigor em junho de 2017. Desde então, o passageiro tem direito a transportar como bagagem de mão um volume de até 10 quilos em viagens nacionais e internacionais, com limite de até 55 centímetros (cm) de altura por 40 cm de comprimento. A mesma norma extinguiu a franquia de bagagem, pela qual o passageiro tinha o direito de despachar gratuitamente um volume de até 23 quilos. Segundo a agência, a medida é uma prática comum em outros países, e uma das ideias era oferecer preços menores para passageiros que não precisam despachar bagagem.

Classificados

Mundo

Kim pede a Putin que trabalhe em conjunto para resolver a questão nuclear

Kim pede a Putin que trabalhe em conjunto para resolver a questão nuclear

access_time25/04/2019 06:27

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, pediu nesta quinta-feira (25) ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, que trabalhem em conjunto para explorar formas de resolver o problema da desnuclearização da Península Coreana. Eles tiveram um encontro inédito na cidade russa de Vladivostok. "A situação na Península Coreana é de grande interesse para toda a comunidade internacional. Espero que nossas conversas sejam um evento importante para avaliarmos essa situação em conjunto, trocarmos pontos de vista sobre a situação e como resolver esse problema juntos", disse o líder norte-coreano a Putin, no início da primeira cúpula entre ambos. Putin classificou de substancial seu primeiro encontro com Kim Jong-un. "Falamos, é claro, sobre a situação na península coreana, trocamos opiniões sobre o que precisa ser feito para que a situação tenha perspectivas de melhora", disse. O presidente russo destacou que as delegações russas e norte-coreana discutiram, durante as quase duas horas de reunião, a história das relações entre os dois países e os planos de desenvolvimento para a cooperação bilateral. Ele também agradeceu a Kim por aceitar o convite para visitar a Rússia, país que compartilha pouco mais de 20 km de fronteira terrestre com a Coreia do Norte. O presidente russo lembrou que foi o pai do atual líder do país comunista, Kim Jong-il, que impulsionou a assinatura de um tratado de amizade com a Rússia. Por sua vez, Kim disse que foi a Vladivostok para discutir "os caminhos para a solução pacífica" do conflito nuclear na península coreana, que, em sua opinião, desperta um "interesse prioritário" no mundo. Kim, que também descreveu como "muito substancial" a reunião a sós com o chefe do Kremlin, mostrou-se "muito contente" em visitar a Rússia, que descreveu como um país "amigável" e "grande" vizinho. "Espero que nossas negociações continuem da mesma forma, de maneira útil e construtiva", disse ele. O representante russo na União Europeia (UE), Vladimir Chizhov, informou que os dois líderes abordaram a retomada das negociações de seis partes (as duas Coreias, Japão, EUA, Rússia e China) para a resolução do conflito nuclear, atualmente parada. Vladimir Putin também expressou confiança em que a cúpula com o líder da Coreia do Norte permitirá não apenas desenvolver as relações bilaterais, mas também contribuir para a solução pacífica da questão nuclear na península coreana. "Agradecemos seus esforços para desenvolver o diálogo intercoreano e normalizar as relações entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos", disse Putin a Kim, no início da primeira cúpula entre os dois líderes desde que o norte-coreano assumiu o poder em 2011. A cúpula entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, começou nesta quinta em Vladivostok, no Extremo Oriente Russo. Kim chegou às 14h10 (horário local, 1h10 de Brasília) ao edifício "S" do campus da Universidade Federal do Distante Oriente, na Ilha Russky, onde acontece a cúpula. O líder norte-coreano foi recebido na entrada com um aperto de mão de Putin, que tinha chegado 20 minutos antes ao local do encontro, após o qual os dois líderes passaram a cumprimentar as duas delegações. Esta é a primeira cúpula entre os dois líderes, uma vez que Kim se reuniu quatro vezes com o presidente chinês, Xi Jinping, três com o sul-coreano, Moon Jae-in, e dois com o presidente dos EUA, Donald Trump. Os dois líderes farão primeiro uma reunião bilateral e em seguida realizarão um encontro ao lado de suas respectivas delegações. A cúpula é realizada depois do fracasso da reunião entre Kim e Trump, em Hanói (Vietnã), no final de fevereiro. A reunião é uma boa oportunidade para Kim conseguir apoio mais sólido de Putin para proposta de desnuclearização gradual acompanhada de um levantamento progressivo de sanções, uma oferta rejeitada por Washington na recente cúpula em Hanói. A Casa Branca defende o chamado "grande acordo", que propôs na capital vietnamita, e isso envolve a eliminação de todos os programas de armas norte-coreanos, além do atômico, antes de relaxar qualquer sanção. Putin pede a desnuclearização da península coreana e, portanto, apoiou as sanções no Conselho de Segurança toda vez que aconteceram testes em Pyongyang, mas ao mesmo tempo, apóia o desarmamento passo a passo e oferece garantias de segurança a Kim.