19/05/2017 às 10:14      Fonte:Do G1 MT     (53) Vizualizações
Número de desocupados em MT sobe para 172 mil, diz pesquisa do IBGE
Fonte:
-A  +/- +A

Número de desempregados aumentou 16,3% em relação a última pesquisa. No estado, 552 mil pessoas trabalham com carteira de trabalho assinada

 

 

No estado, 552 mil pessoas trabalham com carteira de trabalho assinada (Foto: Valdecir Galor/SMCS)

 

 

O número de desocupados em Mato Grosso subiu para 172 mil pessoas no primeiro trimestre de 2017, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada nesta quinta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Mato Grosso começou os três primeiros meses de 2017 com 24 mil pessoas a mais em situação de desemprego. Conforme a pesquisa, a taxa de desocupação no estado é 16,3% maior que o último levantamento da pesquisa realizado no fim do ano passado, quando 158 mil pessoas estavam desocupadas. Em 2015, o número era de 91 mil pessoas.
 

A taxa de desocupação em Mato Grosso é maior que a média da região Centro-Oeste, que registrou 12% de pessoas desempregadas. O número do estado também é maior que a média nacional, que tem 13,7% da população desocupada.
 

Ao todo, segundo a PNAD, Mato Grosso possui 56,4% da população ocupada no primeiro trimestre de 2017. O número representa uma variação de menos 1,7 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado.
 

Desse total, 552 mil pessoas trabalham com carteira de trabalho assinada. De acordo com o IBGE, esse número não apresentou uma variação estatisticamente significativa em relação ao ano passado. O mesmo caso se aplica a quantidade de pessoas ocupadas sem carteira de trabalho assinada. De janeiro a março, 162 mil pessoas trabalhavam nessa situação.


Remuneração média
Segundo a PNAD, a remuneração média em Mato Grosso passou de R$ 2.012, no primeiro trimestre de 2016, para R$ 2,1 mil, no mesmo período desse ano. A variação foi de 4,9%. O aumento é maior, se comparado ao último trimestre de 2016, quando a remuneração média foi de R$ 1,9 mil.

Noticias
Entretenimento
Esporte
Geral
Serviços
Logotipo Agência Super