ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Mato Grosso é o segundo estado com mais mortes no trânsito relacionadas a álcool

Mato Grosso é o segundo estado com mais mortes no trânsito relacionadas a álcool

access_time25/06/2023 08:25

Mato Grosso é o segundo estado com maior número de mortes no trânsito relacionados ao consumo de álc

14 criminosos são presos por invasão de terra em Querência

14 criminosos são presos por invasão de terra em Querência

access_time18/04/2023 10:17

A Polícia Militar de Mato Grosso prendeu nesta segunda-feira (17.04) 14 criminosos responsáveis pela

Presos os autores do homicídio do adolescente de 17 anos morto no sábado

Presos os autores do homicídio do adolescente de 17 anos morto no sábado

access_time22/05/2023 08:19

Os autores do assassinado de Luiz Miguel Mendes do Vale Teixeira, de 17 anos, foram presos ainda nes

Mato Grosso

Mulher é morta com golpes de faca pelo companheiro em Peixoto

Mulher é morta com golpes de faca pelo companheiro em Peixoto

access_time16/04/2024 08:14

Na tarde do dia 15 de abril de 2024, a comunidade de Peixoto de Azevedo foi abalada por um crime de feminicídio. A vítima, identificada como Lediane Ferro da Silva, de 44 anos, foi encontrada sem vida...

Guarantã: Armas de fogo são apreendidas pela Polícia Civil em residência de investigado por violência doméstica

Guarantã: Armas de fogo são apreendidas pela Polícia Civil em residência de investigado por violência doméstica

access_time16/04/2024 07:35

Policiais da Delegacia de Terra Nova do Norte cumpriram na manhã um mandado de busca e apreensão domiciliar contra um homem investigado por violência doméstica. O mandado foi cumprido na cidade de Gua...

Ação integrada das forças de segurança estaduais e federais desmonta garimpo ilegal em terras indígenas

Ação integrada das forças de segurança estaduais e federais desmonta garimpo ilegal em terras indígenas

access_time16/04/2024 06:03

A operação integrada Ouro Viciado, realizada neste domingo (14.04) por agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária(PRF), Exército, Funai, Força Nacional, e equipes da unidades estaduais Gefron e Ci...

Brasil

Greve de professores de universidades federais é nacional; veja demandas

Greve de professores de universidades federais é nacional; veja demandas

access_time15/04/2024 15:07

Os professores das universidades federais, institutos federais e centros federais de educação tecnológica iniciaram uma greve nacional nesta segunda-feira (15/04). Os trabalhadores rejeitaram a proposta apresentada pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos na última Mesa Setorial Permanente de Negociação, ocorrida quinta-feira (11/04). Na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a greve segue por tempo indeterminado. De acordo com o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior (Andes), a proposta apresentada pelo governo federal foi de reajuste salarial zero, com aumentos apenas no auxílio alimentação, que passaria de R$ 658, para R$ 1.000; no valor da assistência pré-escolar, de R$ 321,00 para R$ 484,90, além de 51% a mais no valor atual da saúde suplementar. A proposta foi rejeitada em reunião com a participação de 34 seções sindicais do setor, que também votaram pelo movimento paredista resultando em 22 votos favoráveis, sete contrários e cinco abstenções. Na pauta nacional unificada, os docentes pedem reajuste de 22,71%, em três parcelas de 7,06%, a serem pagas em 2024, 2025 e 2026. Também estão na pauta a revogação da portaria do Ministério da Educação 983/20, que estabelece aumento da carga horária mínima de aulas e o controle de frequência por meio do ponto eletrônico para a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A revogação do Novo Ensino Médio e da Base Nacional Comum para a Formação de Professores (BNC-Formação) também estão em discussão. O Comando Nacional de Greve (CNG) será instalado nesta segunda, às 14h30, em reunião na sede do Andes, em Brasília, e, às 16h, o movimento paredista participará também de uma audiência pública, na Comissão de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, para debater as mobilizações e paralisações das servidoras e dos servidores técnico-administrativos de universidades e institutos federais. Na terça-feira (16), até o dia 18 de abril, o movimento dará início à Jornada de Luta “0% de reajuste não dá!”, convocada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe). Está prevista ainda a realização de uma semana de atividades locais nas instituições entre 22 e 26 de abril. Em nota, o Ministério da Gestão informou que, além de formalizar a proposta apresentada na última quinta-feira, também foi assumido o compromisso de abrir, até o mês de julho, todas as mesas de negociação específicas de carreiras solicitadas para dar tratamento às demandas e produzir acordos que sejam positivos aos servidores. De acordo com o órgão, já há dez mesas tratando de reajustes para a educação com acordos consensualizados e oito estão em andamento. Além disso, foi criado um grupo de trabalho para tratar da reestruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (PCCTAE). “O relatório final do GT, entregue no dia 27/3 à ministra da Gestão, Esther Dweck, servirá como insumo para a proposta do governo de reestruturação da carreira, que será apresentada aos servidores na Mesa Específica de Negociação.” A nota conclui que a pasta segue aberta ao diálogo com os servidores da área de educação e de todas as outras áreas, “mas não comenta processos de negociação dentro das Mesas Específicas e Temporárias”.

Mundo

UFC anuncia o retorno de Conor McGregor após três anos; confira data da luta

UFC anuncia o retorno de Conor McGregor após três anos; confira data da luta

access_time14/04/2024 12:29

Conor McGregor voltará ao octógono do UFC depois de quase três anos sem lutar. O anúncio foi feito neste sábado (13) por Dana White, presidente do Ultimate, durante a coletiva do UFC 300. Após a entrevista, o retorno do lutador foi oficializado nas redes sociais da competição. Conor enfrentará Michael Chandler no UFC 303, na International Fight Week, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A disputa está marcada para o dia 29 de junho. “É tudo sobre o timing. Chandler sempre esteve pronto, mas o Conor, não. Ele teve que lidar com algumas obrigações. Eu não o faria aceitar uma luta com uma tonelada de obrigações que o impediram de treinar 100% para a luta” explicou o presidente. Conor McGregor não luta desde 10 de julho de 2021, quando quebrou a perna lutando contra Dustin Poirier no UFC 264. No ano passado, Conor atuou como um dos técnicos do The Ultimate Fighter 31, justamente contra Michael Chandler. O embate entre os treinadores é aguardado desde maio e agosto de 2023. Há alguns meses, Conor já havia falado sobre sua intenção de voltar ao octógono, entretanto, uma série de questões estava envolvendo a volta do lutador, como a recuperação da lesão e problemas com a agência antidoping dos EUA. O irlandês foi o primeiro lutador do Ultimate a conquistar dois títulos em categorias diferentes simultaneamente, pena e peso leve. Veja a publicação: