Kurupí
Notícias recentes
Economia brasileira cresce 0,4% no segundo trimestre, anuncia IBGE

Economia brasileira cresce 0,4% no segundo trimestre, anuncia IBGE

access_time29/08/2019 09:25

O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, teve um

Mãe esconde arma em coberta de bebê de 9 meses e é presa pela PRF

Mãe esconde arma em coberta de bebê de 9 meses e é presa pela PRF

access_time05/11/2018 07:21

Uma mulher de 36 anos foi presa pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite dessa sexta-feira (2)

Chanceler vai à Colômbia para apoiar ajuda humanitária à Venezuela

Chanceler vai à Colômbia para apoiar ajuda humanitária à Venezuela

access_time22/02/2019 07:37

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, viaja hoje (22) para Cúcuta, na Colômbia, fronte

Mato Grosso

Excesso de velocidade é a infração mais cometida em Mato Grosso

Excesso de velocidade é a infração mais cometida em Mato Grosso

access_time13/09/2019 15:27

Transitar com veículo em velocidade superior a máxima permitida para o local, em até 20%, é a infração com maior índice de autuação de motoristas em Mato Grosso. Foram 169.536 registros, de janeiro a ...

Mais de 60 tartarugas são libertadas por policiais que flagraram barco com animais em MT

Mais de 60 tartarugas são libertadas por policiais que flagraram barco com animais em MT

access_time13/09/2019 15:22

Mais de 60 tartarugas que estavam em um barco foram libertadas na manhã desta sexta-feira (13) em São Félix do Araguaia, a 1.159 km de Cuiabá, por policiais militares. O crime foi descoberto após d...

MT já registrou mais de 22,6 mil focos de queimada e brigadistas de outros estados ajudam no combate ao fogo

MT já registrou mais de 22,6 mil focos de queimada e brigadistas de outros estados ajudam no combate ao fogo

access_time13/09/2019 14:59

Mato Grosso registrou de janeiro até agora mais de 22,6 mil focos, 64% a mais em relação ao mesmo período no ano passado, conforme informações do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). E...

Brasil

Bolsonaro retira sonda nasogástrica e recomeça dieta líquida

Bolsonaro retira sonda nasogástrica e recomeça dieta líquida

access_time13/09/2019 14:51

A equipe médica que acompanha o presidente Jair Bolsonaro retirou na manhã de hoje (13) a sonda nasogástrica colocada na quarta-feira (11). O tubo entrava pelo nariz e ia até o sistema digestivo para retirar o excesso de gás e líquido. “Nós pudemos tirar a sonda gástrica porque a drenagem dela foi bem reduzida. Ele começou a ter função intestinal”, destacou o cirurgião-chefe da equipe que acompanha o presidente, Antônio Luiz Macedo. Com a resposta do intestino, voltou a ser administrada, gradualmente, a dieta líquida. A cada hora, o presidente recebe 50 mililitros de água e outros líquidos, avaliando as reações a esses alimentos. “Eu acabei de tirar a sonda, fica perigoso aumentar rapidamente a ingestão líquida sem a gente saber como o intestino está reagindo”, explicou Macedo. Por isso, foi mantida simultaneamente a alimentação endovenosa (pelas veias), complementando a quantidade necessária de nutrientes. Segundo o boletim médico divulgado hoje pelo Hospital Vila Nova Star, onde o presidente está internado desde o fim de semana, Bolsonaro teve “melhora acentuada dos movimentos intestinais”. Ainda segundo o comunicado do hospital, localizado na zona sul paulistana, o presidente não tem febre ou dor. Ele continua fazendo fisioterapia respiratória e motora e caminhando pelos corredores da instituição. Essa é a quarta cirurgia pela qual Bolsonaro passou desde que foi esfaqueado em um ato de campanha eleitoral em setembro de 2018. Previsão de alta A previsão do médico é que Bolsonaro possa ter alta em três ou quatro dias, a depender da evolução do quadro de saúde. Para isso, o intestino do presidente precisa ser capaz de suportar ao menos a dieta cremosa ou pastosa, com alimentos mais consistentes e que fornecem a quantidade de calores necessárias para as atividades cotidianas. Ontem (12), foi estendido o prazo de afastamento de Bolsonaro da Presidência por quatro dias a partir de uma decisão da equipe médica. A previsão inicial era de que ele reassumisse o cargo hoje (13). No entanto, a recuperação sofreu uma “intercorrência” na quarta-feira, quando foi introduzida a sonda nasogástrica. Desde a segunda-feira (9), Bolsonaro recebia a dieta líquida. Porém, devido ao trauma e à presença de gases, o intestino do presidente deixou de funcionar adequadamente, levando à necessidade de que a alimentação voltasse a ser feita de forma endovenosa. Assim, o vice-presidente, Hamilton Mourão, segue no exercício da Presidência por este novo período. Apesar dessa alteração, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros afirmou que está mantida a viagem de Bolsonaro para a abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). “O planejamento permanece. Nós iremos a Nova York no dia 22 e o presidente discursará, no dia 24, na assembleia das Nações Unidas”, informou.

Classificados

Mundo

Bahamas se preparam para possível ciclone tropical dias após devastação causada pelo furacão Dorian

Bahamas se preparam para possível ciclone tropical dias após devastação causada pelo furacão Dorian

access_time13/09/2019 15:58

Um possível ciclone tropical ameaça atingir as Bahamas nesta sexta-feira (13), informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) em Miami, nos Estados Unidos. O arquipélago caribenho ainda lida com a devastação causada pelo furacão Dorian, que chegou ao país há 12 dias e deixou 50 mortos, além de 1,3 mil desaparecidos. O centro americano informou que há uma alta probabilidade de que o ciclone traga ventos fortes e chuvas torrenciais ao noroeste das Bahamas e a partes da costa leste da Flórida nesta sexta (13) e ao longo do fim de semana. Os especialistas também alertam para a possibilidade de chuvas fortes e inundações rápidas e espalhadas por parte da costa da Geórgia e Carolina do Sul, e, a depender da rota da tempestade, também da Carolina do Norte, na semana que vem. Nas ilhas caribenhas, o ciclone deve complicar ainda mais a busca pelos desaparecidos. O número, inicialmente, chegou a 2,5 mil pessoas, mas após checagem foi reduzido para 1,3 mil. A quantidade de vítimas fatais, entretanto, deve aumentar, afirmou o chefe de polícia do arquipélago, Anthony Ferguson. Cerca de 70 mil pessoas ficaram desabrigadas e precisam de "assistência vital imediata" nas Bahamas, segundo levantamento das Nações Unidas. As necessidades mais urgentes são comida, água, abrigo e remédios. O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, viaja nesta sexta (13) ao país para expressar solidariedade às vítimas do furacão. Durante a visita o secretário-geral vai se encontrar com o primeiro-ministro, Hubert Minnis, e outros funcionários do governo em Nassau. O consulado das Bahamas em Washington e várias organizações humanitárias iniciaram campanhas de ajuda às vítimas.

anuncie aqui