Spigreen
Notícias recentes
Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018

access_time09/07/2018 18:59

A consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018 será liberad

Governo faz leilão de seis terminais portuários no Pará

Governo faz leilão de seis terminais portuários no Pará

access_time05/04/2019 07:32

O governo federal faz hoje (5) o leilão de arrendamento de seis terminais portuários no Pará, voltad

Nesta segunda-feira acontece mais uma sessão ordinária dos vereadores de Peixoto

Nesta segunda-feira acontece mais uma sessão ordinária dos vereadores de Peixoto

access_time19/04/2021 09:20

Seguindo os protocolos da OMS e Secretaria Municipal de Saúde, o presidente da Câmara Evandro Kommer

Samsung constrói fábrica na Índia em 6 meses para sair da China

Samsung constrói fábrica na Índia em 6 meses para sair da China

access_time21/06/2021 10:47

O lançamento do Galaxy M32 no mercado indiano, revelado nesta segunda-feira (21), não foi a única surpresa revelada pela Samsung. Uma outra notícia, também relacionada ao país, foi anunciada: a fabricante sul-coreana confirmou que está trocando definitivamente a sua produção de displays da China para a Índia.

Embora já se soubesse que a Samsung estava montando uma gigantesca unidade em Noida (iniciais de New Okhla Industrial Development Authority), no distrito de Gautam Buddh Nagar, o que impressionou foi a rapidez da construção. A empresa conseguiu transferir sua enorme planta de produção para essa cidade industrial em apenas seis meses.

Destinada à fabricação de displays OLED de última geração, a unidade industrial recebeu incentivos do governo indiano, que podem ter chegado a US$ 61 milhões (R$ 310 milhões). A contrapartida é a geração de 500 novos empregos diretos e mais 1,3 mil indiretos.

O início da produção
Concluída a um custo total de US$ 650 milhões (R$ 3,3 bilhões), a nova fábrica foi anunciada diretamente ao ministro-chefe de Uttar Pradesh, Yogi Adityanath, por uma delegação da Samsung, neste final de semana. Em um comunicado oficial, a sul-coreana informou: “Isso ressalta o compromisso da empresa com a fabricação de dispositivos e componentes na Índia”.

Devido aos pesados investimentos envolvidos, e tendo ainda que lidar com problemas domésticos, como uma inédita greve em seu país de origem, a Samsung deve iniciar a produção de displays comerciais nos próximos meses. O objetivo da empresa é evitar um desabastecimento no aquecido mercado internacional.

Comunicação oficial ao ministro-chefe Yogi Adityanath (Fonte: Mint/Reprodução)Comunicação oficial ao ministro-chefe Yogi Adityanath (Fonte: Mint/Reprodução)





Por: TecMundo

Outras notícias

Comentários