anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
‘Greve ilegal, abusiva e claramente política’, afirma Tarcísio sobre paralisação do Metrô, CPTM e Sabesp

‘Greve ilegal, abusiva e claramente política’, afirma Tarcísio sobre paralisação do Metrô, CPTM e Sabesp

access_time03/10/2023 09:16

O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) veio a público na manhã desta terça-feira, 3, para d

Governo vai fazer empréstimo de R$ 1,5 bilhão para pavimentar e melhorar rodovias

Governo vai fazer empréstimo de R$ 1,5 bilhão para pavimentar e melhorar rodovias

access_time12/01/2024 07:19

O Governo do Estado conseguiu autorização da Assembleia Legislativa para fazer um empréstimo de R$ 1

Petistas zombam de Marcos do Val, alvo de ação da PF

Petistas zombam de Marcos do Val, alvo de ação da PF

access_time15/06/2023 18:15

O senador Marcos do Val (Podemos-ES) se tornou alvo de chacota de governistas, nesta quinta-feira, 1

A comemoração da cassação de Deltan Dallagnol no TSE
Imagens mostram advogados 'fazendo o L' nas dependências do TSE, depois da cassação do agora ex-deputado federal Deltan Dallagnol - 16/05/2023 | Foto: Reprodução

A comemoração da cassação de Deltan Dallagnol no TSE

Vídeo mostra advogados celebrando decisão de ministros da Corte

access_time17/05/2023 11:40

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um grupo de pessoas comemorando a cassação do agora ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR) nas dependências do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O julgamento ocorreu na noite da terça-feira 16.

Oeste, a assessoria do TSE disse que não havia funcionários da Corte no encontro, mas, sim, apenas advogados. Não se sabe se essas pessoas são ligadas ao governo Lula. Nas imagens, contudo, é possível vê-las “fazendo o L”, enquanto tiram selfies.

Cassação de Deltan Dallagnol

Por unanimidade, os ministros do TSE seguiram o relator Benedito Gonçalves e cassaram o mandato de Dallagnol. A Corte acolheu uma ação movida pelo PT, segundo a qual Dallagnol violou a Lei da Ficha Limpa ao candidatar-se à Câmara dos Deputados.

O TSE decidiu que os votos de Dallagnol têm de ser distribuídos entre os demais candidatos a deputado federal pelo Podemos do Paraná do ano passado. Nas eleições de 2022, o ex-procurador da República e ex-coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba foi o mais bem votado na disputa pelo cargo no Estado do Sul. Ele recebeu exatos 344.917 votos — o equivalente a 5,63%.





Por: Cristyan Costa da Revista Oeste

Outras notícias

Comentários