Banner Outras
Notícias recentes
Refinaria suspende atividades no Pará após despejo irregular de resíduos

Refinaria suspende atividades no Pará após despejo irregular de resíduos

access_time03/10/2018 08:05

A refinaria de alumina Hydro Alunorte anunciou nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (3) q

Após atentados, Sri Lanka proíbe qualquer tipo de cobertura facial em público

Após atentados, Sri Lanka proíbe qualquer tipo de cobertura facial em público

access_time28/04/2019 18:26

O presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, anunciou neste domingo (28) a proibição de qualquer

Agentes encontram 70 celulares em forro da sala de costura em penitenciária de Cuiabá

Agentes encontram 70 celulares em forro da sala de costura em penitenciária de Cuiabá

access_time12/04/2019 09:04

Setenta celulares foram apreendidos nessa quinta-feira (11) escondidos no forro da sala de costura d

Ação contra desordem urbana no Rio encontra casa no alto de árvore
Pertences de homem que montou uma casa numa árvore — Foto: Reprodução/TV Globo

Ação contra desordem urbana no Rio encontra casa no alto de árvore

Batizada de ‘Marcha da Cidadania e Ordem’, iniciativa mira usuários de drogas em situação de rua e comércio irregular

access_time19/08/2019 10:45

O governo do RJ começou nesta segunda-feira (19) as operações da Marcha da Cidadania e Ordem, contra a desordem urbana.

A iniciativa mira, prioritariamente, usuários de drogas em situação de rua e o comércio irregular. Mendigos também serão retirados.

No Corte de Cantagalo, que liga Copacabana à Lagoa, a Marcha encontrou um homem dormindo no alto de uma árvore, onde construiu um barraco.

Com ele, agentes encontraram madeiras, um colchão, solvente e uma tesoura.

À polícia, o morador disse ser um marceneiro. Ele afirmou ter residência na Baixada Fluminense, mas optou por montar a casa na árvore para ficar mais perto de um possível emprego.

Homem que dormia em casa na árvore foi retirado — Foto: Reprodução/TV Globo
Homem que dormia em casa na árvore foi retirado — Foto: Reprodução/TV Globo

Mendigos em hotel
Equipes de diferentes secretarias e órgãos chegaram às 6h ao Jardim de Alah, na Zona Sul do Rio.

Moradores de rua que ocupavam as áreas públicas do jardim serão levados para o Centro de Triagem da Prefeitura do Rio, na Ilha do Governador, e abrigados em um hotel parceiro do governo estadual no Centro.

Nesta segunda, a Marcha fará a varredura na orla de Ipanema e no Arpoador.

"É uma demanda da sociedade pelo seu direito de ir e vir", disse Cleiton de Souza Rodrigues, secretário de Governo e Relações Institucionais de Wilson Witzel.

"Vamos elaborar um plano para que esta ação aconteça todos os dias", emendou o secretário.

Objetos retirados do alto de uma árvore no Corte de Cantagalo — Foto: Reprodução/TV Globo
Objetos retirados do alto de uma árvore no Corte de Cantagalo — Foto: Reprodução/TV Globo

PMs do Leblon Presente imobilizam morador de rua — Foto: Reprodução/GloboNews
PMs do Leblon Presente imobilizam morador de rua — Foto: Reprodução/GloboNews

Ação multidisciplinar
No início do mês, o Blog do Edimilson Ávila antecipou o projeto. Em entrevista ao Blog, Cleiton Rodrigues dera detalhes da Marcha e afirmara que a ação começaria pelo Jardim de Alah - como de fato aconteceu.

Participam das varreduras:

  • Secretaria Estadual de Governo e Relações Institucionais (Operações Segurança Presente);
  • Fundação Leão XVIII;
  • Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos;
  • Secretaria Estadual de Polícia Civil;
  • Secretaria Estadual de Polícia Militar;
  • Instituto Estadual do Ambiente (Inea);
  • Instituto de Pesos e Medidas (Ipem);
  • Secretaria Estadual de Saúde;
  • Fundação para a Infância e Adolescência (FIA);
  • Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais;
  • Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec);
  • Secretaria Estadual de Trabalho e Renda;
  • Secretaria Estadual de Educação;
  • Secretaria Estadual de Defesa Civil (Corpo de Bombeiros);
  • Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran);
  • Prefeitura do Rio de Janeiro (Comlurb, Guarda Municipal, Controle Urbano e Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos com as assistentes sociais);
  • Controladoria Geral do Estado (Ouvidoria e Transparência Geral do Estado).




Por: Por Bom Dia Rio

Outras notícias

Comentários