anuncie aqui
Notícias recentes
Bolsonaro recebe alta de unidade semi-intensiva e é transferido para apartamento do Hospital Albert Einstein

Bolsonaro recebe alta de unidade semi-intensiva e é transferido para apartamento do Hospital Albert Einstein

access_time12/02/2019 08:30

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) evolui com melhora clínica progressiva e recebeu alta da unidade d

Quatro ministros votam a favor da condução coercitiva e 2 contra; STF adia decisão

Quatro ministros votam a favor da condução coercitiva e 2 contra; STF adia decisão

access_time13/06/2018 18:43

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retomou nesta quarta-feira (13) a discussão acerca da p

Fiscais apreendem mais de 400 kg de pescado irregular em Mato Grosso

Fiscais apreendem mais de 400 kg de pescado irregular em Mato Grosso

access_time22/10/2018 07:18

Mais de 400 kg de peixes foram apreendidos nesse final de semana em três fiscalizações no norte de M

Adolescente de 15 anos morre baleado ao 'brincar' de roleta-russa em fazenda em MT
Menino morreu no Pronto-Socorro de Cuiabá (Foto: TVCA)

Adolescente de 15 anos morre baleado ao 'brincar' de roleta-russa em fazenda em MT

O rapaz que estava com a arma foi identificado, mas não foi localizado até o momento. O próprio adolescente fez o disparo e morreu no PSMC

access_time08/06/2018 11:49

Um adolescente morreu no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) depois que foi baleado na cabeça ao brincar de ‘roleta-russa’, em uma fazenda em Santo Antônio do Leverger, a 35 km da capital mato-grossense.

Segundo a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o menino, de 15 anos, foi baleado no dia 3 de junho e morreu na noite de quarta-feira (6). Um boletim de ocorrência foi registrado na quinta-feira (7).

Familiares disseram aos policiais que o garoto estava em uma fazenda, com outras pessoas, e que havia um rapaz com uma arma no local, na companhia da vítima. O adolescente brincava de roleta-russa com a arma desse colega e acabou baleado na cabeça.

A prática consiste em deixar uma bala no tambor do revólver, fazê-lo girar e apontar o cano da arma para si ou para outra pessoa.

Os policiais foram informados pelos médicos do PSMC que o menino morreu após lesões causadas pelo disparo na cabeça. Ele estava em tratamento intensivo, mas não foi possível fazer nenhuma cirurgia, já que a área atingida era sensível, além da gravidade dos ferimentos.

O rapaz que estava com a arma foi identificado, mas não foi localizado até o momento.





Por: Denise Soares, G1 MT

Outras notícias

Comentários