anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Homem é preso com arma, munições e drogas em Matupá

Homem é preso com arma, munições e drogas em Matupá

access_time20/03/2023 08:48

Os policiais militares receberam uma denúncia anônima informando que havia um indivíduo em posse de

Três pessoas são presas por suspeita de ajudar fugitivos de presídio em Mossoró

Três pessoas são presas por suspeita de ajudar fugitivos de presídio em Mossoró

access_time22/02/2024 19:00

Três indivíduos foram detidos em flagrante sob a acusação de terem facilitado a fuga de detentos do

Ex-prefeito denuncia que esposa sofreu extorsão de R$ 1,5 milhão

Ex-prefeito denuncia que esposa sofreu extorsão de R$ 1,5 milhão

access_time16/02/2023 12:04

A influenciadora digital Lidiane Campos Sachetti, de 41 anos, esposa do ex-deputado federal e ex-pre

Adolescente mato-grossense superdotado passa em cursos das universidades de Oxford e Harvard

Adolescente mato-grossense superdotado passa em cursos das universidades de Oxford e Harvard

access_time15/06/2023 18:23

O adolescente cuiabano João Guilherme Carvalho, 16 anos, embarca mês que vem ao Reino Unido, tendo sido selecionado para estudar na modalidade summer camp (curso de verão, em tradução livre) da Universidade de Oxford. Ele finalizou, há poucos dias, outro summer da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos e ficou em primeiro lugar na atividade final. Ambas as instituições estão entre as melhores do mundo.

Os feitos são apenas alguns dentre tantos outros conquistados por João Guilherme ao longo de seus 16 anos. Um deles, por exemplo, foi terminar o ensino médio aos 15 anos de idade. “Ele começou a sentar aos quatro meses de vida. A falar, aos 5 meses, idade que também começou a engatinhar. Com um ano, falava muitas palavras em inglês. Já na adolescência, João, que sempre foi um leitor voraz, terminou a Divina Comédia em 4 horas, um livro de mais de 700 páginas. A descoberta da superdotação, no entanto, veio apenas durante a pandemia, quando as aulas passaram a ser online e ele terminava tudo com muita rapidez”, conta a mãe Karine Kido Carvalho.

Foi a escola, aliás, que auxiliou no primeiro momento. “Tivemos uma percepção inicial da escola, somada à nossa busca por profissionais que atendessem superdotados. Aí começaram os desafios, já que são raros por aqui. Tivemos que buscar fora”, conta o pai, Eduardo Carvalho. 

Hoje, a família já sabe que o QI de João Guilherme é de 140 – no Brasil, a média é de 83 – e que dentre as habilidades obrigatoriamente avaliadas dentro deste perfil, o jovem possui todas afloradas. “O que nós fazemos é garantir que ele conte com um acompanhamento direcionado e específico, que faça com que possa se desenvolver plenamente. É por isso, por exemplo, que terminou antecipadamente os estudos no Ensino Médio”, completa a mãe.

Agora, o objetivo de João Guilherme é uma graduação em uma universidade fora do país, já que os cursos de verão, como o nome sugere, são considerados cursos de extensão e de curta duração. A informação é da assessoria.





Por: Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Outras notícias

Comentários