anuncie aqui
Notícias recentes
Maria da Penha e Tentativa de Homicídio foram as ocorrências registradas nas últimas 24h em Peixoto de Azevedo

Maria da Penha e Tentativa de Homicídio foram as ocorrências registradas nas últimas 24h em Peixoto de Azevedo

access_time18/10/2018 10:17

Tentativa de Homicídio: o fato aconteceu na noite dessa quarta-feira (17), quando a Polícia Militar

Casos de sarampo aumentam no mundo, alerta OMS

Casos de sarampo aumentam no mundo, alerta OMS

access_time17/07/2018 16:29

Relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em parceria com o Fundo das Nações Unida

Obras de paisagismo iniciam em canteiros de avenida em Cuiabá por onde deveria passar o VLT

Obras de paisagismo iniciam em canteiros de avenida em Cuiabá por onde deveria passar o VLT

access_time14/05/2018 08:26

Quase quatro anos depois da paralisação das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e da retirada

Advogado Caio Vieira de Mello assumirá Ministério do Trabalho

Advogado Caio Vieira de Mello assumirá Ministério do Trabalho

access_time09/07/2018 18:47

O advogado Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello será o novo ministro do Trabalho, informou há pouco o Palácio do Planalto. Segundo a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, o presidente Michel Temer dará posse ao novo ministro amanhã (10) no Planalto.

Formado em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o desembargador aposentado foi vice-presidente Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da Terceira Região, em 2008 e 2009.

Atualmente, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello atua no escritório de advocacia Sergio Bermudes como consultor jurídico. “O presidente me fez o convite, e eu aceitei”, disse Mello à Agência Brasil, acrescentando que se pronunciará amanhã na posse.

No último dia 5, o chefe da Casa Civil da Presidência da República, ministro Eliseu Padilha, assumiu interinamente o Ministério do Trabalho, no lugar de Helton Yomura, que pediu exoneração do cargo após ser um dos alvos da terceira fase da Operação Registro Espúrio, deflagrada pela Polícia Federal (PF).

Em nota à imprensa divulgada na noite de quinta-feira (5), o Palácio do Planalto informou que Temer recebeu e aceitou o pedido de exoneração do ministro do Trabalho. "O presidente agradeceu sua dedicação à frente da pasta", diz a nota da Secretaria de Comunicação Social da Presidência.





Por: Agência Brasil

Outras notícias

Comentários