anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
PM detém adolescentes com canivete e celulares em escola no Nortão

PM detém adolescentes com canivete e celulares em escola no Nortão

access_time20/04/2023 14:29

A Polícia Militar de Nova Ubiratã deteve dois adolescentes, idades não informadas, esta manhã, no Ce

Ex-padrasto é preso pela Polícia Civil após abusar sexualmente de adolescente e induzi-la a aborto

Ex-padrasto é preso pela Polícia Civil após abusar sexualmente de adolescente e induzi-la a aborto

access_time02/03/2024 09:06

Policiais da Delegacia de Sorriso prenderam nesta sexta (01.03), em Sinop, um homem de 33 anos inves

Advogado causa confusão em blitz, tem braço quebrado e acaba preso

Advogado causa confusão em blitz, tem braço quebrado e acaba preso

access_time17/09/2023 17:31

Um advogado de 33 anos foi detido na madrugada de sábado (16), após ser flagrado conduzindo um veícu

Advogados esquerdistas oferecem ajuda ao MST para enfrentar CPI
Próximos de Lula, advogados ofereceram ajuda para aliado histórico do PT, o MST | Foto: Reprodução/MST

Advogados esquerdistas oferecem ajuda ao MST para enfrentar CPI

Próximo de Lula, Prerrogativas vai fazer 'mutirão' para defender o movimento

access_time02/05/2023 07:35

O grupo Prerrogativas, formado por advogados próximos ao presidente Lula e que se notabilizou pela oposição à Operação Lava Jato, quer, agora, defender um aliado histórico do PT, o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). O grupo ofereceu ajuda profissional para os líderes do movimento que possam ser chamados para prestar depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) já instaurada na Câmara Federal.

Segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo da Folha de S.Paulo, o Prerrogativas “já se disponibilizou para fazer uma espécie de mutirão e prestar assessoria jurídica a lideranças do movimento”.

“Não tenho dúvidas de que essa CPI será um tiro no pé da oposição. O MST mostrará ao país a importância da reforma agrária e da função social da propriedade. O MST tem a nossa solidariedade, a nossa admiração, o nosso respeito e o nosso irrestrito apoio”, afirmou à Folha o advogado Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do Prerrogativas.

Para Carvalho, que também faz parte do Conselho Editorial do site esquerdista Brasil 247, o Prerrogativas considera que a CPI dará ao MST a oportunidade de “desmistificar a sua imagem e de mostrar à sociedade diversas ações que seriam benéficas para o país”.

A CPI foi instaurada na Câmara na quarta-feira 26, com a leitura do requerimento de criação da comissão pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). A iniciativa veio como uma resposta dos parlamentares à disparada de invasões de terras desde que Lula assumiu o governo. No mês passado, no chamado “Abril Vermelho”, o MST invadiu dezenas de propriedades pelo país sem que o governo Lula tenha condenado as invasões.

Lideranças do agronegócio criticaram o governo pela proximidade com o MST e a omissão para coibir novas invasões. Lula levou para a viagem à China, em abril, na comitiva oficial, o líder do MST, João Pedro Stédile.

No sábado 29, lideranças do MST e integrantes do grupo Prerrogativas se reuniram em São Paulo para um evento sobre reforma agrária, organizado pelo movimento, que teve a presença de ministros de Lula.





Por: Redação Oeste

Outras notícias

Comentários