Camara Peixoto
Notícias recentes
Brasil faz oito no Equador e aplica maior goleada com Pia Sundhage

Brasil faz oito no Equador e aplica maior goleada com Pia Sundhage

access_time02/12/2020 08:19

A seleção brasileira de futebol feminino encerrou 2020 com mais uma goleada sobre o Equador. Nesta t

Licenciamento de veículos com placas finais 5, 6 e 7 vence dia 30 de setembro

Licenciamento de veículos com placas finais 5, 6 e 7 vence dia 30 de setembro

access_time10/09/2021 10:10

Os proprietários de veículos com placas finais 5, 6 e 7 devem efetuar o pagamento do Licenciamento 2

Índios ficam feridos em acidente envolvendo dois carros e três caminhões

Índios ficam feridos em acidente envolvendo dois carros e três caminhões

access_time06/09/2018 07:34

Três índios que viajavam para passar por consultas médicas ficaram feridos em um acidente na tarde d

Anvisa aprova primeira terapia gênica contra câncer no Brasil
© Instituto Nacional do Câncer/Divulgação/Direitos reservados

Anvisa aprova primeira terapia gênica contra câncer no Brasil

Desenvolvida na Suíça, terapia ajudará pacientes com câncer de sangue

access_time23/02/2022 21:09

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou pela primeira vez um produto utilizado em um tipo específico de terapia para modalidades de câncer originadas no sangue (hematológicos), como leucemia, linfoma e mieloma.

O produto é indicado para pessoas com até 25 anos de idade com determinados tipos de Leucemia Linfoblástica Aguda, bem como para pacientes adultos com tipos específicos de Linfoma.  

Na avaliação da Anvisa, essa é uma forma de terapia pioneira. A equipe técnica da Agência avaliou que o produto cumpre os requisitos mínimos de segurança e eficácia.

O produto Kymriah, da empresa Novartis, poderá ser aplicado em terapias que empregam as chamadas células CAR-T para o tratamento destes tipos de tumor. Segundo a agência, esse tipo de tratamento atua por meio da coleta e alteração das células imunes dos pacientes.

Neste método as células do paciente são coletadas para serem alteradas com a inclusão de um novo gene. Este gene contém uma proteína que direciona as chamadas células T para atuar contra as células tumorais. Após a modificação, as células são incorporadas no produto que será aplicado no paciente.





Por: Jonas Valente –Repórter Agência Brasil - Brasília

Outras notícias

Comentários