Spigreen
Notícias recentes
Legumes e milho registram alta de até 40% nos primeiros dias de janeiro em MT

Legumes e milho registram alta de até 40% nos primeiros dias de janeiro em MT

access_time24/01/2020 16:15

Após períodos consecutivos de estagnação nos preços, o setor de hortifrúti começa a dar sinal de que

Ações da AGU cobram R$ 555,3 milhões de infratores ambientais

Ações da AGU cobram R$ 555,3 milhões de infratores ambientais

access_time06/12/2019 13:48

Dezesseis ações civis públicas ajuizadas pela Advocacia-Geral da União (AGU) contra 33 réus cobram o

Inscrições para o ProUni começam nesta quinta-feira

Inscrições para o ProUni começam nesta quinta-feira

access_time30/01/2019 06:46

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) começam amanhã (31), mas, desde já, o

Após 19 anos sem notificação, MT registra dois casos de sarampo em adultos
Segundo o governo, o estado não registrava casos da doença há 19 anos (Foto: Tchélo Figueiredo/Secom Cuiabá)

Após 19 anos sem notificação, MT registra dois casos de sarampo em adultos

Casos foram registrados em Guarantã do Norte. Secretaria de Saúde emitiu alerta para que os municípios intensifiquem a vacinação contra a doença

access_time26/06/2018 07:41

Um homem de 31 anos e uma mulher de 30 foram diagnosticados com sarampo, em Guarantã do Norte. São os dois primeiros casos registrados após 19 anos sem notificações da doença, segundo a secretaria estadual de Saúde (SES)

Como o município de Guarantã fica próximo à divisa com os estados do Pará (PA) e Roraima (RR), a Vigilância Epidemiológica investiga se os doentes contraíram o vírus em Mato Grosso ou nos outros estados.

Após as notificações, a SES emitiu um alerta para que os municípios intensifiquem as campanhas de vacinação, especialmente da tríplice viral.

Um comunicado também foi enviado à secretaria estadual de Turismo (Sedtur), para que turistas e visitantes sejam orientados a tomar a vacina antes de vir para o estado, bem como para que os mato-grossenses possam se imunizar antes de viajarem para outros estados.

A vigilância afirma que o sarampo é uma doença viral altamente contagiosa, podendo evoluir com complicações graves e óbitos.

O sarampo é transmitido por meio das secreções expelidas pelo doente ao falar, tossir e espirrar. A vacina tríplice viral é a medida de prevenção mais segura e eficaz contra a doença.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários