anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Menino de 8 anos cai em rio e morre afogado em Guarantã

Menino de 8 anos cai em rio e morre afogado em Guarantã

access_time09/01/2024 09:45

Um menino de 8 anos morreu afogado após cair no rio 22, em Guarantã do Norte, na segunda-feira (08).

Inflação da Argentina bate 114%

Inflação da Argentina bate 114%

access_time16/06/2023 17:04

Dados oficiais mostram que a inflação da Argentina bateu 114% ao ano, em maio. O Instituto Nacional

Federação proíbe ‘mulheres trans’ de competirem em eventos femininos

Federação proíbe ‘mulheres trans’ de competirem em eventos femininos

access_time24/03/2023 10:52

A Federação Internacional de Atletismo anunciou que “mulheres trans” (pessoas que nasceram do sexo m

Delegada aponta dívida de imóvel como motivação de crime em Peixoto; ‘alvo’ não foi baleado

Delegada aponta dívida de imóvel como motivação de crime em Peixoto; ‘alvo’ não foi baleado

Inês Gemilaki, seu filho e seu convivente estão foragidos após o duplo homicídio

access_time22/04/2024 12:24

A delegada de Polícia Civil, Anna Paula Marien, apontou a linha de investigação preliminar de um ataque a tiros numa residência no bairro Alvorada, ontem à tarde, em Peixoto de Azevedo. Durante a ação, uma mulher com seu filho e seu convivente, mataram Rui Luiz Bogo, de 69 anos, Pilson Pereira da Silva, 81 anos, e atingiram um padre, que foi baleado no braço. Conforme a delegada, o alvo principal do trio não foi atingido pelos disparos e o crime ocorreu em decorrência de um desacordo envolvendo uma dívida de aluguel da suspeita.

A Polícia Civil informou que são procurados a pecuarista Inês Gemilaki, seu filho, médico Bruno Gemilako Dal Por e Marcio Ferreira Gonçalves.

“O alvo da ação criminosa não foi alvejado, ele se lesionou apenas com alguns estilhaços de vidro que ficaram no local. A ação foi de grande violência, cometidos pelos três suspeitos, uma mulher, seu filho e seu convivente”. “A princípio, nossa linha de investigação é no sentido de que havia um desacordo há um imóvel que culminou nessa ação criminosa. A suspeita locava aquela imóvel do proprietário e ao sair da residência deixou algumas dívidas que gerou uma ação judicial, a partir dai várias discussões e desentendimento entre eles que acabou resultando nesse crime bárbaro que aconteceu”, acrescentou a delegada Anna.

A delegada reforçou que as buscas seguem em todo o Estado. “Em ato contínuo os suspeitos deixaram o local evadiram-se da cidade, todas as diligências para suas localizações estão sendo empreendidas pelas forças de segurança do município e o Estado todo estão com afinco procurando localizar os suspeitos”, explicou.

Segundo Anna Paula, os suspeitos estiveram na delegacia horas antes registrando um boletim contra o proprietário da casa. “Ontem mesmo o suspeito e suspeita estiveram aqui na unidade policial registrando o boletim de ocorrência em desfavor do proprietário da casa, no entanto, poucas horas depois eles mesmos praticaram esse ato criminoso. A Polícia Civil está empenhada nessa caso, efetuando diligências e reunindo todos os elementos necessários para prisão e condenação dos suspeitos”, concluiu a delegada.

A Polícia Militar realizou diligências na fazenda de mãe e filho suspeitos do crime e encontraram vestígios que estiveram no local horas antes do crime.

O velório de Rui Luiz e Pilson Pereira está ocorrendo no pavilhão da igreja católica em Peixoto de Azevedo. O sepultamento está previsto para ocorrer esta tarde por volta das 15 horas.

O padre que foi baleado no braço passou por cirurgia e está fora de perigo.





Por: Só Notícias/Kelvin Ramirez (fotos: reprodução)

Outras notícias

Comentários