Spigreen
Notícias recentes
Tite diz que Brasil é um dos favoritos ao título na Rússia

Tite diz que Brasil é um dos favoritos ao título na Rússia

access_time15/05/2018 07:58

O Brasil é um dos favoritos a ganhar a Copa da Rússia, assegurou o técnico Tite, da seleção brasilei

O enigma dos tubarões que apareceram sem seus fígados, extraídos com 'precisão quase cirúrgica'

O enigma dos tubarões que apareceram sem seus fígados, extraídos com 'precisão quase cirúrgica'

access_time07/08/2018 08:21

Quando as carcaças de cinco tubarões brancos (Carcharodon carcharias) apareceram em uma praia na Áfr

Campeonato de Veteranos em Peixoto teve rodada com gols e expulsões

Campeonato de Veteranos em Peixoto teve rodada com gols e expulsões

access_time19/07/2018 08:06

A segunda rodada do Campeonato Regional Veteranos de Futebol de Campo, aconteceu no domingo (15) no

Avó joga bebê de 3 meses da sacada de casa para salvá-la de incêndio em Cuiabá

Avó joga bebê de 3 meses da sacada de casa para salvá-la de incêndio em Cuiabá

Fogo destruiu a casa, que fica no Bairro Novo Mato Grosso, em Cuiabá. De acordo com a família, o incêndio começou dentro de um quarto, onde uma criança dormia. Eles perderam todos os móveis, roupas e documentos

access_time13/08/2020 08:39

Uma avó precisou jogar a neta,de 3 meses, da sacada do segundo andar em uma residência para salvá-la de um incêndio.

O fogo destruiu a casa, que fica no Bairro Novo Mato Grosso, em Cuiabá, na última segunda-feira (10). De acordo com Jéssica Louhanny, de 22 anos, mãe da bebê que foi jogada, o incêndio começou dentro de um quarto, onde o outro filho dela estava dormindo.

Quando a família percebeu, as chamas estavam no colchão e na cortina do cômodo. Todos correram, em desespero, para sair da residência. Sete pessoas moram na casa e todas estavam presentes durante o incidente.

"Foi tudo muito rápido. Quando vimos, o fogo já estava na porta e o único jeito de sair de lá era pela sacada", conta Jéssica.

Segundo a moradora, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas demorou quase uma hora para chegar. Enquanto esperavam, os vizinhos começaram a ajudar a família a fugir do incêndio.

Jéssica conta que não teve coragem de jogar a filha, porque o medo de ela se machucar era maior. O padrasto dela, que já tinha conseguido descer, ficou aguardando esperando.

Vanessa Torres Nunes, mãe de Jéssica, foi quem conseguiu jogar a neta de três meses.

"Eu não consegui, tive medo, mas foi o jeito que minha mãe viu de salvar a minha filha. Mas fiquei com medo, porque ela é muito pequena e o local era alto", relata.

Somente o padrasto de Jéssica se feriu. Ele teve queimaduras de primeiro e segundo grau e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento, mas conseguiu já saiu e passa bem.

Os moradores acreditam que o fogo tenha começado por algum curto-circuito, devido a fiação antiga. Eles haviam se mudado para o local há apenas uma semana.

A família conta que quando os bombeiros chegaram, já estava tudo destruído. Eles perderam móveis, roupas e até os documentos. Agora, precisam de doações.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários