anuncie aqui
Notícias recentes
Fortes chuvas deixam mais de 30 mortos no Japão e províncias em alerta máximo

Fortes chuvas deixam mais de 30 mortos no Japão e províncias em alerta máximo

access_time07/07/2018 08:12

As fortes chuvas que atingem o Japão já deixaram 38 mortos, quatro feridos graves e 47 desaparecidos

Vai a 141 o nº de mortos por chuvas e deslizamentos de terra no Japão

Vai a 141 o nº de mortos por chuvas e deslizamentos de terra no Japão

access_time10/07/2018 08:30

Ao menos 141 pessoas morreram em consequência das fortes chuvas na região oeste do Japão, anunciaram

Mais de 3,3 milhões de contribuintes recebem hoje restituição do IR

Mais de 3,3 milhões de contribuintes recebem hoje restituição do IR

access_time16/07/2018 09:00

O crédito bancário para mais de 3,3 milhões de contribuintes contemplados no segundo lote de restitu

Balanço aponta 8,8 toneladas de peixe apreendidas durante a piracema em MT
Balanço aponta 8,8 toneladas de pescado apreendidas durante a piracema em Mato Grosso — Foto: Gcom/MT

Balanço aponta 8,8 toneladas de peixe apreendidas durante a piracema em MT

Foram aplicadas R$ 962 mil em multas entre os dias 1º de outubro e 31 de janeiro. A quantidade de pescado vistoriado foi acima de 16 toneladas neste período

access_time08/02/2019 08:03

Durante o período de defeso da Piracema, entre os dias 1º de outubro de 2018 e 31 de janeiro deste ano, foram apreendidas 8,8 toneladas de pescado em Mato Grosso. O balanço foi divulgado nessa quinta-feira (7) pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT). O total de multas aplicadas chegou R$ 962 mil.

O mês com maior número de ocorrências foi dezembro, com mais de 4 toneladas apreendidas e R$ 470 mil em multas aplicadas. A quantidade de pescado vistoriado foi acima de 16 toneladas nos quatro meses em que a pesca ficou proibida. Foram apreendidos ainda 1.013 acessórios de pesca.

Em uma das maiores operações do ano, a equipe da fiscalização da Sema, em parceria com o Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMPA), apreendeu, em novembro, 1,3 tonelada de pescado ilegal em Santo Antônio de Leverger, a 35 km de Cuiabá.

Um total de 8.050 pessoas foram abordadas e orientadas pelas equipes de fiscalização, durante o período de defeso.

Por patrulhamento terrestre e fluvial, servidores da fiscalização percorreram municípios da baixada cuiabana abordando pescadores amadores e donos de pousada onde se pratica a pesca esportiva para falar sobre seus direitos e deveres estabelecidos na lei da pesca.

Regras da Pesca

Com a liberação da pesca, algumas regras precisam ser seguidas, entre elas: estar habilitado com a carteira de pesca, não usar petrechos proibidos e respeitar a cota e tamanho mínimo do pescado, que para amadores é de cinco quilos e um exemplar, e para profissionais é de 125 kg por semana.

Nos trechos dos rios federais que fazem divisa com outros estados, a pesca continua proibida até o dia 28 de fevereiro, seguindo normas federais. Em áreas de unidade de Conservação a pesca é proibida durante todo o ano.





Por:

Outras notícias

Comentários