ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Investigado pelo estupro de filha e duas sobrinhas é preso pela Polícia Civil em Peixoto

Investigado pelo estupro de filha e duas sobrinhas é preso pela Polícia Civil em Peixoto

access_time18/05/2022 09:10

A Delegacia de Peixoto de Azevedo prendeu na segunda-feira (16.05), um homem suspeito de cometer est

Pagamento do PIS/Pasep injeta R$ 258,1 milhões na economia de MT; prazo termina nesta sexta

Pagamento do PIS/Pasep injeta R$ 258,1 milhões na economia de MT; prazo termina nesta sexta

access_time28/06/2018 12:10

A liberação para saque do PIS/Pasep vai garantir uma injeção de R$ 258,1 milhões na economia de Mato

China confina 17 milhões após registrar recorde de casos de Covid-19

China confina 17 milhões após registrar recorde de casos de Covid-19

access_time14/03/2022 10:52

Milhões de cidadãos foram colocados em confinamento no domingo (13) na China, após o país registrar

Balanço aponta 8,8 toneladas de peixe apreendidas durante a piracema em MT
Balanço aponta 8,8 toneladas de pescado apreendidas durante a piracema em Mato Grosso — Foto: Gcom/MT

Balanço aponta 8,8 toneladas de peixe apreendidas durante a piracema em MT

Foram aplicadas R$ 962 mil em multas entre os dias 1º de outubro e 31 de janeiro. A quantidade de pescado vistoriado foi acima de 16 toneladas neste período

access_time08/02/2019 08:03

Durante o período de defeso da Piracema, entre os dias 1º de outubro de 2018 e 31 de janeiro deste ano, foram apreendidas 8,8 toneladas de pescado em Mato Grosso. O balanço foi divulgado nessa quinta-feira (7) pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT). O total de multas aplicadas chegou R$ 962 mil.

O mês com maior número de ocorrências foi dezembro, com mais de 4 toneladas apreendidas e R$ 470 mil em multas aplicadas. A quantidade de pescado vistoriado foi acima de 16 toneladas nos quatro meses em que a pesca ficou proibida. Foram apreendidos ainda 1.013 acessórios de pesca.

Em uma das maiores operações do ano, a equipe da fiscalização da Sema, em parceria com o Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMPA), apreendeu, em novembro, 1,3 tonelada de pescado ilegal em Santo Antônio de Leverger, a 35 km de Cuiabá.

Um total de 8.050 pessoas foram abordadas e orientadas pelas equipes de fiscalização, durante o período de defeso.

Por patrulhamento terrestre e fluvial, servidores da fiscalização percorreram municípios da baixada cuiabana abordando pescadores amadores e donos de pousada onde se pratica a pesca esportiva para falar sobre seus direitos e deveres estabelecidos na lei da pesca.

Regras da Pesca

Com a liberação da pesca, algumas regras precisam ser seguidas, entre elas: estar habilitado com a carteira de pesca, não usar petrechos proibidos e respeitar a cota e tamanho mínimo do pescado, que para amadores é de cinco quilos e um exemplar, e para profissionais é de 125 kg por semana.

Nos trechos dos rios federais que fazem divisa com outros estados, a pesca continua proibida até o dia 28 de fevereiro, seguindo normas federais. Em áreas de unidade de Conservação a pesca é proibida durante todo o ano.





Por:

Outras notícias

Comentários