anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Jean Paul Prates, indicado para chefiar a Petrobras, tem empresas no setor de óleo

Jean Paul Prates, indicado para chefiar a Petrobras, tem empresas no setor de óleo

access_time05/01/2023 06:09

O senador Jean Paul Prates (PT-RN), indicado do presidente Lula para chefiar a Petrobras, tem quatro

Polícia Militar prende dois homens por tráfico de drogas em Guarantã do Norte

Polícia Militar prende dois homens por tráfico de drogas em Guarantã do Norte

access_time22/09/2023 16:30

Policiais militares de Guarantã do Norte prenderam dois homens, de 23 e 25 anos, por tráfico ilícito

Miss MT fica em segundo e miss RS eleita a

Miss MT fica em segundo e miss RS eleita a "mais bela"

access_time09/07/2023 07:15

A miss Mato Grosso, Bárbara Reis, de 25 anos, ficou em 2° lugar eleita na noite deste sábado (8), no

Bando armado é preso ao invadir fazenda em Mato Grosso; 2 policiais estão entre os alvos
Invasão ocorreu em Cocalinho (foto: reprodução)

Bando armado é preso ao invadir fazenda em Mato Grosso; 2 policiais estão entre os alvos

Invasão ocorreu em Cocalinho e 12 foram presos. Os policiais aposentados presos são de Goiás

access_time09/06/2023 11:55

A Polícia Militar prendeu nessa quinta-feira (08) 12 pessoas que invadiram uma propriedade rural na cidade de Cocalinho. Entre os presos estão 2 policiais militares aposentados do estado de Goiás.

Conforme o registro da ocorrência, as guarnições foram deslocadas após o acionamento do Sindicato Rural de Cocalinho, que informou que os criminosos invadiram a Fazenda Ouro Branco.

Com os 12 elementos foram encontradas 4 armas de fogo, sendo duas pistolas 370, uma carabina 17 HMR e uma espingarda calibre 12. Além disso, eles possuíam 190 munições calibre 380, 70 munições calibre 17 HMR e 20 munições calibre 12.

Todos eles foram encaminhados para a delegacia de polícia da cidade para as providências cabíveis.

O Governo do Estado já vem avisando há alguns meses que terá tolerância zero com invasores de terras. A legislação atual permite que as forças de segurança façam a remoção dos grileiros em até 24h da invasão.

“A invasão de terras, o esbulho possessório, é um crime previsto na legislação e nós estamos combatendo. A polícia está indo lá em 24 horas, vai tirar, vai prender e colocar para correr aqueles que estiverem abusando desse limite. Quem quer lutar pela terra que faça o procedimento por meio legal”, disse o governador em conversa com a imprensa no mês passado.





Por: APARECIDO CARMO DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários