Banner Outras
Notícias recentes
Governo de MT unifica cadeias públicas de dois municípios e transfere 34 detentos

Governo de MT unifica cadeias públicas de dois municípios e transfere 34 detentos

access_time23/11/2019 09:20

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP) fechou a Cadeia Pública de Rio Branco, a 336 de C

Raio mata oito vacas e bezerros em pasto

Raio mata oito vacas e bezerros em pasto

access_time17/01/2020 21:19

Oito animais morreram após a queda de um raio em um pasto na Gleba Mercedes, em Sinop, a 200 km de P

Para Putin, postura da Ucrânia representa ameaça de “guerra total”

Para Putin, postura da Ucrânia representa ameaça de “guerra total”

access_time29/11/2018 14:43

O presidente russo, Vladimir Putin, repetiu que as forças de Moscou cumpriram com o “seu dever” ao c

Bélgica goleia a Tunísia e fica perto da vaga nas oitavas da Copa
Hazard comemora gol sobre a Tunísia (Foto: REUTERS/Carl Recine)

Bélgica goleia a Tunísia e fica perto da vaga nas oitavas da Copa

Lukaku e Hazard comandam a vitória que deixa os belgas em situação confortável no Grupo G

access_time23/06/2018 10:33

Uma das favoritas ao título, a Bélgica mostrou neste sábado a força de seu ataque e ficou muito próxima da vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Com dois gols de Lukaku, dois de Hazard e um de Batshuayi, os belgas golearam a Tunísia por 5 a 2, em Moscou, pela segunda rodada do Grupo G. Bronn e Khazri descontaram para os tunisianos. E poderia ter sido mais se Batshuayi não tivesse perdido ao menos quatro chances claras no segundo tempo.

COMO FICA
Com seis pontos, a Bélgica torce agora por um empate ou uma vitória da Inglaterra na partida contra o Panamá, neste domingo, às 9h (de Mato Grosso), para se classificar com uma rodada de antecipação. A Tunísia, com zero, precisa que os panamenhos vençam para seguir com chances. Na rodada final do grupo, quinta-feira, os belgas enfrentam os ingleses, às 15h, em Kaliningrado. Os tunisianos pegam o Panamá, no mesmo horário, em Saransk.

PRIMEIRO TEMPO
A Bélgica aproveitou rapidamente a fragilidade e a confusão defensiva da Tunísia. Logo aos cinco minutos, em boa jogada pela direita, Hazard foi derrubado em cima da linha da área por Syam Ben Youssef. Depois de dúvida sobre se a falta aconteceu dentro ou fora da área, o próprio Hazard bateu o pênalti e abriu o placar. O segundo gol saiu dez minutos depois, com Lukaku chutando cruzado após passe de Mertens. Quando uma goleada parecia se iniciar, os tunisianos despertaram. Aos 17, Bronn descontou de cabeça. Khazri, aos 32, exigiu boa defesa de Courtois. Mas a Bélgica voltou a ser decisiva aos 48, em nova falha da defesa rival. Lukaku recebeu de Meunier e fez o segundo dele.

SEGUNDO TEMPO
A Tunísia voltou bastante ofensiva do intervalo, mas abriu ainda mais a defesa e se complicou rapidamente. Hazard recebeu ótimo lançamento de De Bruyne, dominou no peito, driblou o goleiro e aumentou. A enorme vantagem fez o técnico Roberto Martínez administrar seus principais jogadores. Hazard e Lukaku saíram para as entradas de Batshuayi e Fellaini, respectivamente. Batshuayi teve três grandes chances, mas parou no travessão, no goleiro Ben Mustapha e no zagueiro Meriah, tirando a bola em cima da linha. Ele só marcou aos 44, aproveitando cruzamento da direita. Aos 47, Khazri ainda descontou.

Michy Batshuayi: perdeu quatro e fez um
Michy Batshuayi: perdeu quatro e fez um (Foto: REUTERS/Carl Recine)

ARTILHARIA E FIM DO JEJUM
A grande exibição ofensiva da Bélgica fez alguns de seus principais jogadores atingirem marcas importantes. Autor de dois gols, Lukaku foi a quatro e passou a dividir a artilharia da Copa do Mundo com Cristiano Ronaldo, de Portugal. Hazard, outro que fez dois, marcou seus primeiros gols na história do Mundial. Ele não havia feito nenhum no torneio disputado no Brasil em 2014.

Hazard e Lukaku brilharam pela Bélgica
Hazard e Lukaku brilharam pela Bélgica (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)





Por: Globo Esporte

Outras notícias

Comentários