Kurupí
Notícias recentes
Encontro de Putin e Trump será dia 16 em Helsinque, na Finlândia

Encontro de Putin e Trump será dia 16 em Helsinque, na Finlândia

access_time28/06/2018 15:10

O encontro dos presidentes da Rússia, Vladimir Putin, dos Estados Unidos, Donald Trump, será no dia

Fiscais apreendem mais de 400 kg de pescado irregular em Mato Grosso

Fiscais apreendem mais de 400 kg de pescado irregular em Mato Grosso

access_time22/10/2018 07:18

Mais de 400 kg de peixes foram apreendidos nesse final de semana em três fiscalizações no norte de M

Ciência desvenda truque da aranha para saltar sobre sua presa

Ciência desvenda truque da aranha para saltar sobre sua presa

access_time11/05/2018 14:30

Cientistas estão treinando uma aranha para saltar por demanda para tentarem entender a mecânica util

Boateng cita Alemanha
Suspenso, Boateng não enfrentou a Coreia do Sul (Foto: AP)

Boateng cita Alemanha "no fundo do mundo" e diz: "Voltaremos mais fortes"

Um dos líderes do elenco, zagueiro afirma que seleção "não entrou" na Copa do Mundo e chama de desastre a eliminação ainda na fase de grupos, quatro anos depois da conquista no Brasil

access_time28/06/2018 11:40

Após a derrota para a Coreia do Sul, que selou a eliminação precoce da Alemanha na Copa do Mundo, a maioria dos atletas mantiveram o silêncio e não conversaram com os jornalistas na zona mista da Arena Kazan. Mas, um dia depois do trauma, alguns fizeram questão de se manifestar, como o zagueiro Boateng. Um dos líderes do elenco, o veterano não entrou em campo no último domingo após ser expulso diante da Suécia, e fez questão de se desculpar com os fãs.

- Que desastre... A Copa do Mundo de 2018 não foi o que esperávamos. Ainda estou zangado e desapontado e ao mesmo tempo sinto por todos os nossos torcedores que nos apoiaram no estádio ou em casa, em frente à TV ou em exibições públicas. Nós realmente não entramos nesse torneio. Nós tivemos nossas chances e jogamos o tempo todo, mas isso simplesmente não funcionou.

Aos 29 anos, o zagueiro lembrou a diferença de sensações ao ir embora de um Mundial, quatro anos depois de sair vitorioso do Brasil. O jogador deu a entender que pretende seguir na seleção alemã para ajudar na reconstrução da imagem do time até a Copa de 2022, no Catar.

- Quatro anos atrás estávamos no topo do mundo, agora estamos no fundo. Estes são os dias na vida de um jogador de futebol que ninguém inveja. Mas essa é a vida. Tudo o que posso dizer é obrigado aos nossos fãs que sempre nos apoiam. Vamos analisar o que deu errado e continuar trabalhando como sempre fizemos. Eu prometo que voltaremos forte! - completou.





Por: Globo Esporte

Outras notícias

Comentários