Spigreen
Notícias recentes
Abertura da Copa América terá 10 minutos de duração e muita tecnologia

Abertura da Copa América terá 10 minutos de duração e muita tecnologia

access_time13/06/2019 10:14

Com 400 pessoas em cena, 100 músicos e muita tecnologia, a cerimônia de abertura da Copa América vai

Produção industrial cresce 0,7%, revela pesquisa do IBGE

Produção industrial cresce 0,7%, revela pesquisa do IBGE

access_time02/04/2019 09:36

Três das quatro categorias econômicas tiveram alta de janeiro para fevereiro: bens de capital, isto

EUA: Bolsonaro tem reuniões com ex-secretário do Tesouro e empresários

EUA: Bolsonaro tem reuniões com ex-secretário do Tesouro e empresários

access_time18/03/2019 09:27

Em Washington (EUA), o presidente  Jair Bolsonaro tem reuniões hoje (18) com o ex-secretário do Teso

Boateng cita Alemanha
Suspenso, Boateng não enfrentou a Coreia do Sul (Foto: AP)

Boateng cita Alemanha "no fundo do mundo" e diz: "Voltaremos mais fortes"

Um dos líderes do elenco, zagueiro afirma que seleção "não entrou" na Copa do Mundo e chama de desastre a eliminação ainda na fase de grupos, quatro anos depois da conquista no Brasil

access_time28/06/2018 11:40

Após a derrota para a Coreia do Sul, que selou a eliminação precoce da Alemanha na Copa do Mundo, a maioria dos atletas mantiveram o silêncio e não conversaram com os jornalistas na zona mista da Arena Kazan. Mas, um dia depois do trauma, alguns fizeram questão de se manifestar, como o zagueiro Boateng. Um dos líderes do elenco, o veterano não entrou em campo no último domingo após ser expulso diante da Suécia, e fez questão de se desculpar com os fãs.

- Que desastre... A Copa do Mundo de 2018 não foi o que esperávamos. Ainda estou zangado e desapontado e ao mesmo tempo sinto por todos os nossos torcedores que nos apoiaram no estádio ou em casa, em frente à TV ou em exibições públicas. Nós realmente não entramos nesse torneio. Nós tivemos nossas chances e jogamos o tempo todo, mas isso simplesmente não funcionou.

Aos 29 anos, o zagueiro lembrou a diferença de sensações ao ir embora de um Mundial, quatro anos depois de sair vitorioso do Brasil. O jogador deu a entender que pretende seguir na seleção alemã para ajudar na reconstrução da imagem do time até a Copa de 2022, no Catar.

- Quatro anos atrás estávamos no topo do mundo, agora estamos no fundo. Estes são os dias na vida de um jogador de futebol que ninguém inveja. Mas essa é a vida. Tudo o que posso dizer é obrigado aos nossos fãs que sempre nos apoiam. Vamos analisar o que deu errado e continuar trabalhando como sempre fizemos. Eu prometo que voltaremos forte! - completou.





Por: Globo Esporte

Outras notícias

Comentários