Camara Peixoto
Notícias recentes
Pai é preso após deixar filho de 3 anos trancado em carro e ir para o bar em MT

Pai é preso após deixar filho de 3 anos trancado em carro e ir para o bar em MT

access_time14/01/2020 08:47

Uma criança de 3 anos foi resgatada de dentro de um carro após ser trancada pelo pai que estava em u

Megatraficante 'El Chapo' começa a ser julgado hoje nos EUA

Megatraficante 'El Chapo' começa a ser julgado hoje nos EUA

access_time05/11/2018 07:00

O chefe do tráfico mexicano "El Chapo" Guzmán, durante anos o homem mais procurado pelos Estados Uni

Detran registra mais de 95 mil processos de renovação da CNH pelo MT Cidadão

Detran registra mais de 95 mil processos de renovação da CNH pelo MT Cidadão

access_time07/06/2021 15:01

Em um ano, 95.750 processos de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram abertos via

Bolívia corta 30% do fornecimento de gás natural ao Brasil

Bolívia corta 30% do fornecimento de gás natural ao Brasil

Petrobras busca medidas cabíveis para garantir que a YPFB boliviana cumpra com o contrato de fornecimento do insumo, já que, a longo prazo, o corte poderia representar aumentos no mercado interno

access_time21/05/2022 09:33

Sem aviso prévio, a Bolívia cortou em 30% o fornecimento de gás natural à Petrobras neste mês e a estatal foi pega de surpresa. A empresa brasileira sofreu um corte equivalente a mais ou menos de 7 milhões de metros cúbicos de gás ao dia. A estatal boliviana YPFB vinha fornecendo a Petrobras algo em torno de 20 milhões de metros cúbicos por dia. Diante do não previsto, a Petrobras precisou buscar caminhos alternativos e está comprando volumes adicionais de gás natural de liquefeito (GNL) para atender compromissos e contratos com fornecedores no mercado interno. O principal problema da situação é que o GNL é muito mais caro do que o gás natural. Se essa situação persistir por muito tempo, o gás fornecido pela Petrobras pode ficar mais caro. A estatal brasileira de petróleo informou que já está buscando medidas cabíveis para garantir que a YPFB boliviana cumpra com o contrato de fornecimento de gás para ao Brasil. O gás que foi cortado estaria sendo realocado para a Argentina, que vive um período de temperaturas muito baixas e estaria precisando do insumo para aquecimento da população.





Por: Jovem Pan / com informações do repórter Rodrigo Viga

Outras notícias

Comentários