Spigreen
Notícias recentes
Deputado apresenta projeto para regulamentar educação domiciliar de crianças e adolescentes

Deputado apresenta projeto para regulamentar educação domiciliar de crianças e adolescentes

access_time24/11/2019 20:35

O deputado estadual Romoaldo Júnior (MDB) apresentou um projeto de lei na Assembleia Legislativa pro

Trump admite incerteza sobre cúpula com Coreia do Norte, mas diz que insistirá em desnuclearização

Trump admite incerteza sobre cúpula com Coreia do Norte, mas diz que insistirá em desnuclearização

access_time16/05/2018 19:09

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu nesta quarta-feira que não está claro se a cú

Usina de etanol de milho deve gerar 1,2 mil empregos diretos e indiretos em Sinop

Usina de etanol de milho deve gerar 1,2 mil empregos diretos e indiretos em Sinop

access_time05/07/2019 11:09

Durante uma reunião realizada na quinta-feira (4), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT),

Brasil inaugura em Mato Grosso primeira antena rural para a internet 5G
© Guilherme Martimon/Mapa

Brasil inaugura em Mato Grosso primeira antena rural para a internet 5G

Tecnologia funcionará em fase experimental numa fazenda em Mato Grosso

access_time12/05/2021 10:32

O Brasil já tem instalada a sua primeira antena rural destinada à quinta geração de internet (5G). A tecnologia funcionará, ainda em caráter experimental, na fazenda- modelo do Instituto Mato-Grossense de Algodão (IMAmt), em Rondonópolis (MT). A expectativa é que, no futuro, quando esse tipo de conexão for disponibilizado em larga escala,  ajude o produtor brasileiro a reduzir custos e ganhar produtividade, com o auxílio de drones, chips e GPS [sistema de posicionamento global].

Ao conectar objetos do cotidiano – como eletrodomésticos, smartphones, roupas e automóveis – à internet (e entre si), essa tecnologia permitirá até mesmo a realização de procedimentos médicos delicados a distância, além de sistemas de direção automática de carros e as mais diversas tecnologias de automação e inteligência artificial, inclusive para a agricultura, a indústria e as cidades.

No caso da agricultura, ela possibilitará, entre outras coisas, a transmissão em tempo real de imagens em alta definição de plantações para acompanhamento a distância de uma equipe técnica. Máquinas como tratores poderão funcionar de forma mais autônoma. Além disso, informações precisas sobre o comportamento e a saúde de animais poderão ser obtidas de forma bem mais detalhada, bem como sobre as condições climáticas.

Redução de custos e de perdas
De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a digitalização do agronegócio reforçará o papel do Brasil como “protagonista no cenário mundial de produção de alimentos a partir da redução de custos e diminuição de perdas na produção”, levando, inclusive, cidadania, conhecimento e oportunidades aos produtores rurais de áreas remotas.

Em nota, o Ministério da Agricultura explicou que o monitoramento remoto, a partir de sensores, permite a medição da temperatura e a avaliação das condições hídricas imediatas na plantação. “Em simulação, foi possível acionar a irrigação em determinada área mesmo a quilômetros de distância”, acrescentou.

Durante a inauguração da antena, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que o leilão das frequências de operação da nova geração de internet móvel trará “melhoria no social, ambiental e na produtividade do agro brasileiro”.

Também presente na inauguração, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse que, assim como a quarta geração de internet (4G) revolucionou a vida das pessoas, o 5G vai revolucionar as indústrias. “Para o agronegócio, será um avanço gigantesco. O 5G vai fazer o nosso agro crescer 20% em média”, finalizou.





Por: Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil

Outras notícias

Comentários