anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
STJ nega pedido de prisão domiciliar para

STJ nega pedido de prisão domiciliar para "Musa do Crime"

access_time16/01/2024 10:24

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Maria Thereza de Assis Moura, negou o p

Dallagnol: ‘Querem ‘ferrar’ Sergio Moro, cada um com suas armas’

Dallagnol: ‘Querem ‘ferrar’ Sergio Moro, cada um com suas armas’

access_time22/03/2023 11:30

O deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR), ex-procurador federal e ex-coordenador da Operação

Ministro chama isenção de impostos de ‘distorção eleitoreira’

Ministro chama isenção de impostos de ‘distorção eleitoreira’

access_time01/03/2023 08:52

Ao anunciar a volta de impostos sobre os combustíveis, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silv

Brasil leva virada de Senegal e sofre segunda derrota sob o comando de Ramon Menezes
Senegal venceu o Brasil por 4 a 2 em amistoso (foto: Arte / Estadão)

Brasil leva virada de Senegal e sofre segunda derrota sob o comando de Ramon Menezes

Mesmo contando com apoio massivo dos torcedores brasileiros, maioria no Estádio José Alvalade, a seleção demonstrou muita desorganização e perdeu mais uma no pós-Copa

access_time20/06/2023 17:23

Brasil decepcionou nesta terça-feira, 20, ao perder para Senegal por 4 a 2, em amistoso internacional realizado na cidade de Lisboa, em Portugal. Mesmo contando com apoio massivo dos torcedores brasileiros, maioria no Estádio José Alvalade, a seleção demonstrou muitos erros defensivos. Lucas Paquetá e Marquinhos foram os responsáveis por balançar as redes a favor da Canarinho, enquanto os senegaleses marcaram com DialloMarquinhos (contra) e Sadio Mané (duas vezes). Com o resultado, a Amarelinha sofre sua segunda derrota sob o comando do técnico Ramon Menezes. Comandante da equipe nacional sub-20, o interino também amargou um resultado negativo contra Marrocos, em março deste ano. No último sábado, 17, ele levou o time verde e amarelo ao triunfo diante de Guiné. Está confirmado como próximo treinador do Brasil Carlo Ancelotti, do Real Madrid. O multicampeão cumprirá seu contrato com o clube espanhol, válido até junho de 2024, antes de assumir o conjunto sul-americano. A expectativa é que o italiano estreia na Copa América 2024. Presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues concederá entrevista coletiva ainda neste mês para dar mais detalhes sobre o futuro da seleção.

Como foi o jogo

A seleção brasileira começou a partida com o controle do jogo. Logo aos 11 minutos, Vinicius Júnior recebeu na esquerda, levou para dentro e levantou na medida para Lucas Paquetá marcar de cabeça. Em seguida, Richarlison desperdiçou uma excelente oportunidade em frente ao goleiro Diaw, enquanto o VAR anulou um pênalti em Vini por impedimento. Após a soberania sul-americana, Senegal acordou e equilibrou o jogo. Aos 22 minutos, Diallo pegou sobra dentro da área e soltou uma bomba de pé esquerdo para deixar tudo igual. Com o empate, o duelo ficou mais imprevisível, com as duas equipes criando chances para marcar. Apesar disso, os times desceram para o vestiário com o placar igualado.

No retorno do intervalo, os senegaleses aproveitaram as brechas da defesa brasileira para virar o confronto. Logo aos sete minutos, Marquinhos tentou cortar cruzamento de Diallo dentro da área, mas mandou contra o próprio patrimônio. Três minutos depois, Mané recebeu de fora da área e finalizou com categoria, anotando uma pintura em Lisboa. Sem outra alternativa, Ramon Menezes promoveu mudanças, colocando Pedro e Rony na partida. Imediatamente, aos 13 minutos, a Canarinho reagiu e descontou com Marquinhos, aproveitando cobrança de escanteio. Apesar de todo o tempo para buscar o empate, o Brasil demonstrou nervosismo e não conseguiu furar a defesa africana. Para piorar, os jogadores ainda se envolveram em pequenas discussões, atrapalhando o andamento do duelo. Já nos acréscimos, ainda deu tempo de Mané converter uma penalidade e ampliar a vantagem.





Por: Jovem Pan

Outras notícias

Comentários