anuncie aqui
Notícias recentes
Talibã dispara mísseis na direção de palácio presidencial durante discurso de Ghani

Talibã dispara mísseis na direção de palácio presidencial durante discurso de Ghani

access_time21/08/2018 07:14

O Talibã disparou dois mísseis nesta terça-feira (21) em direção ao palácio presidencial, em Cabul,

Inflação para famílias com renda mais baixa cai para 0,07% em junho

Inflação para famílias com renda mais baixa cai para 0,07% em junho

access_time05/07/2019 10:59

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que calcula a variação de preços da cesta de c

Mato-grossenses tropeçam na Série C, mas continuam em boas condições na tabela

Mato-grossenses tropeçam na Série C, mas continuam em boas condições na tabela

access_time29/05/2018 07:57

Aquela expressão bem popular em Mato Grosso que diz: “tá ruim, mas tá bom”, pode perfeitamente ser e

Câmeras de motel flagram casal chegando junto e ex-marido saindo sozinho após mulher ser assassinada em quarto; veja vídeo

Câmeras de motel flagram casal chegando junto e ex-marido saindo sozinho após mulher ser assassinada em quarto; veja vídeo

Laurinei Ferreira de Souza e Bianela Mylla Dias da Silva chegaram juntos ao motel e, cerca de 2 horas depois, ele deixou o local sozinho. Para a polícia, há evidências de que o crime foi premeditado

access_time26/10/2018 10:47

Imagens do circuito interno de segurança de um motel em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, mostram Laurinei Ferreira de Souza e Bianela Mylla Dias da Silva, de 30 anos, chegando de carro ao estabelecimento às 13h58 de quarta-feira (24) e, cerca de 2 horas depois, ele deixando o local sozinho.

Ela foi assassinada a facadas dentro do quarto em um crime, que, segundo a polícia, teria sido premeditado por Laurinei, que é ex-marido da vítima.

Logo depois do crime, o suspeito do assassinato, que está foragido, ligou para uma vizinha da vítima dizendo que tinha cumprido com o que havia prometido.

"Foi ele mesmo que ligou para uma vizinha da vítima e relatou que teria tirado a vida dela e contou inclusive o local que os familiares foram os primeiros a chegarem no estabelecimento", disse a a delegada Janira Laranjeira Siqueira Campos, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

"Laurinei pagou a conta do estabelecimento e disse que a mulher iria aguardar um Uber, que iria buscá-la e ele saiu a pé. É possível verificar que ele acionou o Uber pelo celular da vítima, mas para sair ele cancelou a chamada do Uber talvez para ocultar o seu paradeiro", disse a delegada.

Bianela Dias da Silva, 30 anos, foi morta em quarto de motel — Foto: Facebook/Reprodução
Bianela Dias da Silva, 30 anos, foi morta em quarto de motel — Foto: Facebook/Reprodução

A vítima foi encontrada morta dentro no quarto do motel com marcas de facadas. Estava com um corte profundo no pescoço e evidências de que teria sofrido também esganadura.

Provavelmente, segundo a Polícia Civil, que investiga o crime, eles estavam separados havia dois meses e teriam ido ao motel em uma tentativa de reconciliação. No entanto, a polícia apura se ela teria sido forçada pelo ex-marido a ir até o motel com ele.

Ela tinha medidas protetivas contra o ex-marido. Segundo a família da vítima, os casos de violência eram recorrentes.

A irmã de Bianela, Janaína da Silva Santos, disse, no velório da vítima, que Laurinei costumava dizer que, se ela não ficasse com ele, não ficaria com mais ninguém.

"Ele dizia que se ela não fosse dela não seria de mais ninguém, que não aceitaria a separação e que iria matá-la, a todo momento a ameaçava", contou.





Por: Por G1 MT

Outras notícias

Comentários