Spigreen
Notícias recentes
Mato Grosso registra 153.455 casos e 4.056 óbitos por Covid-19

Mato Grosso registra 153.455 casos e 4.056 óbitos por Covid-19

access_time18/11/2020 09:06

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (17.11), 153.455 c

Papa Francisco deixa o Iraque após visita de três dias

Papa Francisco deixa o Iraque após visita de três dias

access_time08/03/2021 07:21

O papa Francisco deixou hoje (8) o Iraque, após a primeira visita de um chefe de Estado do Vaticano

Peixoto de Azevedo sediou Fórum da Cultura

Peixoto de Azevedo sediou Fórum da Cultura

access_time11/05/2019 09:56

Realizado o 2° Fórum de Cultura de Peixoto de Azevedo, na oportunidade foi apresentado o edital para

Campanha de vacinação contra gripe termina na próxima sexta-feira (15)
Em MT, a meta é vacinar 666.364 mil pessoas até ao fim da campanha (Foto: Divulgação/Secom-AC)

Campanha de vacinação contra gripe termina na próxima sexta-feira (15)

No estado, a meta é vacinar 666.364 mil pessoas até o fim da campanha. Até a sexta-feira (8), 82% dessa meta já estava cumprida, segundo o governo

access_time10/06/2018 19:08

A campanha de vacinação contra a influenza para o chamado grupo prioritário deve ser encerrada na próxima sexta-feira (15) em Mato Grosso e em todo o país. No estado, a meta é vacinar 666.364 mil pessoas. Até a sexta-feira (8), 82% dessa meta já estava cumprida.

Ao todo, já haviam sido vacinadas 547.084 mil pessoas. A expectativa é que, até o fim da campanha, o estado consiga imunizar 90% da meta.

No estado, 31% dos municípios já atingira esse número. Outros 48% estão com a cobertura entre 70% e 90%. Os municípios restantes estão com a cobertura abaixo de 70%.

O município de Santa Cruz do Xingu, a 994 km de Cuiabá, tem o menor índice. De acordo co o governo, 3,82% do público-alvo foi vacinado.

Todos municípios têm até 15 dias após o fim da campanha para informar o governo sobre a taxa de cobertura, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Grupo prioritário
O grupo prioritário da campanha são pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses aos menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também devem se vacinar. Este público deve apresentar prescrição médica no ato da vacinação.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários