Spigreen
Notícias recentes
Autoridade americana exige novos procedimentos em voos para os EUA

Autoridade americana exige novos procedimentos em voos para os EUA

access_time30/06/2018 20:33

As companhias aéreas que fazem voos para os Estados Unidos terão de observar as novas regras para o

'Perdemos um soldado', diz secretário de Saúde sobre morte de enfermeiro por Covid-19

'Perdemos um soldado', diz secretário de Saúde sobre morte de enfermeiro por Covid-19

access_time04/05/2020 10:49

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, lamentou a morte do enfermeiro Athaide Ce

México encontra corpos de 11 pessoas enforcadas no norte do país

México encontra corpos de 11 pessoas enforcadas no norte do país

access_time04/08/2018 08:10

Os corpos de 11 pessoas enforcadas foram encontradas nesta sexta-feira (3), em uma residência em Ciu

Canadá é o primeiro país a legalizar nacionalmente o uso da maconha
Folha da planta da maconha (Pixabay)

Canadá é o primeiro país a legalizar nacionalmente o uso da maconha

access_time20/06/2018 08:15

O Senado do Canadá aprovou na noite de terça-feira (19) a legalização do uso recreativo da maconha em todo o território do país. O projeto foi aprovado por 52 votos favoráveis e 29 contrários. Com isso, o Canadá se tornou o primeiro país do mundo a legalizar a maconha nacionalmente.

O projeto de lei foi apresentado pelo próprio Executivo canadense e, antes de ser aprovado pelos senadores, passou pela Câmara dos Deputados.

A legalização da maconha no país já havia sido aprovada no começo do mês, mas com a tramitação na Câmara e no Senado, foram feitas emendas e modificações, por ambas as casas.

O projeto agora seguirá para sanção da governadora-geral do país, Julie Payette, representante da Coroa Britânica no Canadá.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, já havia se manifestado a favor da aprovação da proposta. Além disso, ele defende publicamente, o cultivo doméstico da maconha.

Segundo a imprensa local, o processo de legalização deverá durar cerca de quatro meses.





Por: Agência Brasil

Outras notícias

Comentários