anuncie aqui
Notícias recentes
Falta de chuva pode determinar bandeira vermelha até novembro, diz ONS

Falta de chuva pode determinar bandeira vermelha até novembro, diz ONS

access_time09/08/2018 08:34

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata, disse hoje (8)

PGR aciona Supremo para garantir manifestação política em universidades públicas

PGR aciona Supremo para garantir manifestação política em universidades públicas

access_time27/10/2018 07:55

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, entrou com ação nesta sexta-feira (26) no Supremo Tr

Desembargador mantém decisão que impediu soltura de Lula

Desembargador mantém decisão que impediu soltura de Lula

access_time09/07/2018 18:55

O desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto

Casal é assassinado na frente dos 4 filhos em MT; mulher amamentava gêmea
Casal foi assassinado na frente dos 4 filhos em Sorriso — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

Casal é assassinado na frente dos 4 filhos em MT; mulher amamentava gêmea

O caso é tratado, a princípio, como execução já que nenhum objeto de valor foi levado da casa. Criança de 8 anos ficou em estado de choque, segundo a PM

access_time20/03/2019 09:00

Um casal foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (20) em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. Segundo informações da Polícia Militar, Jessica Quintino, de 26 anos, e Jonatan Henrique, de 22 anos, foram assassinados na frente dos quatro filhos. Jessica amamentava a filha gêmea quando foi baleada.

O crime ocorreu por volta de 2h em uma casa no Beco São Tomé, no Bairro São Mateus. Além do casal, quatro crianças estavam na residência: gêmeas, de 9 meses, uma criança de 4 anos e uma outra, de 8.

De acordo com o sargento Izaias Moura, da PM, o casal foi morto a tiros. Ainda não se sabe quantas pessoas participaram do crime. O criminoso arrombou a porta da residência e matou o casal.

Jessica foi morta com um tiro na cabeça. O marido dela tinha, pelo menos, quatro marcas de tiro nas costas. Inicialmente o casal não teria antecedente criminal.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi chamada, mas o casal já havia morrido. A Polícia Civil foi comunicada sobre o caso e uma perícia foi realizada no local de crime.

O caso é tratado, a princípio, como execução. Nenhum objeto de valor foi levado da casa. As crianças não foram feridas e os familiares das vítimas as retiraram da casa. A criança mais velha estava em estado de choque.

Até a manhã desta quarta-feira nenhuma pessoa foi identificada ou presa suspeita de cometer o crime.





Por: Aline Dessbesell, Centro América FM

Outras notícias

Comentários