Spigreen
Notícias recentes
Governo prorroga prazo de entrega da declaração do IR por dois meses

Governo prorroga prazo de entrega da declaração do IR por dois meses

access_time20/06/2020 09:44

Cerca de 32 milhões de pessoas físicas ganharam mais dois meses para entregarem a declaração do Impo

Policiais que impediram suicídio em Matupá receberam Moção de Aplausos da Câmara Municipal

Policiais que impediram suicídio em Matupá receberam Moção de Aplausos da Câmara Municipal

access_time16/10/2018 09:09

A Sessão da Câmara Municipal de Matupá dessa segunda-feira (15-10), foi marcada por homenagem a três

Governo prorroga uso da Força Nacional na Amazônia

Governo prorroga uso da Força Nacional na Amazônia

access_time14/10/2020 09:21

O governo federal prorrogou, por mais 180 dias, a atuação da Força Nacional de Segurança Pública em

Casal é suspeito de matar jovem e jogar corpo a 17 metros em trilha de cachoeira

Casal é suspeito de matar jovem e jogar corpo a 17 metros em trilha de cachoeira

Vítima teria trocado mensagens com mulher casada e marido descobriu. Casal ainda simulou que rapaz teria se matado no local

access_time27/11/2019 13:34

Um casal foi preso nessa terça-feira (26) suspeito de matar e jogar o corpo de um jovem na região de cachoeiras no Parque Serra Azul em Barra do Garças. João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, foi encontrado morto no dia 11 deste mês.

O corpo dele foi jogado em uma altura de 17 metros na região de trilhas das cachoeiras.

Segundo as investigações da Polícia Civil, o crime teve motivação passional. João teria trocado mensagens pelo celular com uma mulher, de 29 anos, e o marido dela, de 43, encontrou as mensagens. Os nomes deles não foram divulgados.

A mulher teria alegado que o rapaz estava dando em cima dela. Por vingança, o marido e a mulher mataram a vítima. De acordo com a polícia, João Paulo foi até as cachoeiras no dia 9 de novembro onde desapareceu.

O corpo dele foi encontrado pelos bombeiros com a ajuda de cães farejadores. O casal planejou uma emboscada: a mulher marcou um encontro com o rapaz, que acabou morto com um golpe de mata-leão.

Para simular um acidente ou suicídio, o casal ainda jogou o corpo em uma altura de 17 metros.

O casal teve a prisão decretada pela Justiça de Mato Grosso. Tanto a mulher quanto o homem confessaram o crime.

João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, foi encontrado morto em Barra do Garças — Foto: Facebook/Reprodução
João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, foi encontrado morto em Barra do Garças — Foto: Facebook/Reprodução




Por: Por G1 MT

Outras notícias

Comentários