Spigreen
Notícias recentes
Primeiro Mutirão da Negociação online fecha com média de 173 pedidos por dia

Primeiro Mutirão da Negociação online fecha com média de 173 pedidos por dia

access_time17/09/2019 08:06

A primeira versão online do Mutirão da Negociação registrou, em cinco dias de campanha (de 09 a 13 d

Médicos retiram sedação de jovem atingido por raio em Sinop; “Deus nos abençoou novamente com a vida dele”, diz pai

Médicos retiram sedação de jovem atingido por raio em Sinop; “Deus nos abençoou novamente com a vida dele”, diz pai

access_time18/01/2020 11:32

O jovem Fábio Assis Conceição, que completou hoje 14 anos apresentou melhoras no quadro clínico. O p

Fábrica de panelas e transportadores são condenados por trabalho análogo ao de escravo

Fábrica de panelas e transportadores são condenados por trabalho análogo ao de escravo

access_time13/07/2020 16:51

A Justiça do Trabalho condenou uma empresa fabricante de panelas ao pagamento de verbas rescisórias,

CCJ da Câmara aprova projeto que prevê prisão após segunda instância

CCJ da Câmara aprova projeto que prevê prisão após segunda instância

Deputados deram sim a Proposta de Emenda à Constituição na tarde desta quarta (20). Texto passará por comissão especial antes de ir ao plenário

access_time20/11/2019 18:46

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (20) a (PEC) Proposta de Emenda à Constituição que autoriza a prisão de réus após condenação em segunda instância. Votaram favoravelmente 51 deputados, enquanto 11 foram contrários.

O projeto é um dos que tramitam no Congresso e ganhará destaque nas últimas semanas, após o STF (Supremo Tribunal Federal) entender que a prisão só deve ocorrer após o trânsito em julgado do processo e quando não houver mais recursos. A decisão do STF acabou libertando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Diante da aprovação da admissibilidade na CCJ, a PEC 199/19 será analisada agora em comissão especial antes de ser submetida a dois turnos de votação no Plenário da Câmara.





Por: Márcio Pinho, do R7

Outras notícias

Comentários