anuncie aqui
Notícias recentes
Vice-presidente da República estará em Sorriso nesta 6ª pela manhã; Exército reforça segurança

Vice-presidente da República estará em Sorriso nesta 6ª pela manhã; Exército reforça segurança

access_time14/02/2019 08:16

Uma equipe do Exército Brasileiro chegou na tarde de quinta-feira (13), em Sorriso, para reforçar a

Dias Toffoli arquiva inquérito contra deputado Bruno Araújo

Dias Toffoli arquiva inquérito contra deputado Bruno Araújo

access_time03/07/2018 07:29

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli decidiu arquivar inquérito aberto contra o

Novos barcos e lanchas darão apoio à fiscalização nos rios de MT

Novos barcos e lanchas darão apoio à fiscalização nos rios de MT

access_time14/12/2018 17:40

Quatro lanchas, sendo duas de motor 60Hp e outras duas de 90Hp e também 4 barcos, com motores de 30

Cemitério José Tiburski movimentado neste feriado de finados

Cemitério José Tiburski movimentado neste feriado de finados

Frei realizou missa pela manhã

access_time02/11/2018 11:17

O Dia de Finados, também conhecido como Dia dos Mortos, se trata de feriado religioso, dedicado a orações e homenagens aos que já se foram. A palavra “finados” significa algo que findou, acabou ou morreu.

No Brasil, o Dia de Finados faz parte de costume católico em visitar as sepulturas dos entes queridos que já morreram e enfeitar seus túmulos com flores. As pessoas também acendem velas por suas almas e rezam por eles no cemitério.

Por que em 2 de novembro?
Conforme registros históricos, a tradição foi instituída pela Igreja Católica no século 10 e diz que os vivos devem interceder pelas almas que estão no purgatório esperando a purificação.

Mas, o costume é mais antigo do que se imagina. Desde o século 2, ao que tudo indica, já se tem indícios de cristão que rezavam por seu falecidos, visitando os túmulos dos mártires e pedindo pelos que já morreram.

Em Peixoto de Azevedo centenas de pessoas visitaram o cemitério pela manhã e muitas participaram da missa celebrada pelo Frei da Igreja Católica.





Por: Peixoto On-Line

Outras notícias

Comentários