anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Fã que morreu em show de Taylor Swift estudava em Mato Grosso

Fã que morreu em show de Taylor Swift estudava em Mato Grosso

access_time18/11/2023 09:22

Ana Clara Benevides Machado, de 23 anos, que acabou falecendo, ontem, antes do show da cantora Taylo

Governo de MT constrói 3 pontes sobre o Rio Teles Pires e abrirá novas rotas de trânsito

Governo de MT constrói 3 pontes sobre o Rio Teles Pires e abrirá novas rotas de trânsito

access_time02/05/2024 06:43

O Governo de Mato Grosso está construindo três grandes pontes sobre o Rio Teles Pires. As obras vão

Morre empresário que estava internado após sofrer acidente na BR-163 no Nortão

Morre empresário que estava internado após sofrer acidente na BR-163 no Nortão

access_time09/05/2023 08:48

Segundo registro do Corpo de Bombeiros, o empresário trafegava em uma Yamaha XJ6 em direção a Matupá

CGU de Lula põe fim ao setor de combate à corrupção
Ministro Vinícius de Carvalho, da CGU, ao lado de Luiz Inácio Lula da Silva | Foto: Divulgação

CGU de Lula põe fim ao setor de combate à corrupção

Órgão extinguiu secretaria e rebaixou uma diretoria que promoviam investigações

access_time21/03/2023 10:52

O governo Luiz Inácio Lula da Silva diluiu o setor da Controladoria-Geral da União (CGU) que atuava no combate à corrupção.

O órgão já extinguiu a Secretaria de Combate à Corrupção e rebaixou a Diretoria de Operações Especiais a uma coordenação. O setor de operações especiais, que integrava a extinta secretaria, promove investigações de combate a desvios e mau uso de recursos públicos.

Parte das atribuições da Secretaria de Combate à Corrupção foi deslocada para a recém-criada Secretaria de Integridade Privada, que incentiva boas práticas no setor privado, para prevenir irregularidades.

Outra parte do antigo setor de combate à corrupção foi deslocada para a Secretaria Federal de Controle Interno, que é responsável pelas auditorias. É num gabinete dentro dela que foi lotada a área de operações especiais. Até o momento, não foi nomeado um coordenador titular, e o posto está sendo ocupado por um substituto.

A remodelação da CGU está sendo feita sob o comando do ministro Vinícius de Carvalho. Oficialmente, o órgão afirma que, mesmo com a mudança, a função de combate à corrupção “permeia todo o trabalho da Controladoria-Geral da União”.

Ainda segundo a CGU, houve uma reorganização de áreas que estavam dispersas, e agora elas passam a atuar em vertentes complementares. O ministério afirma que isso ajuda o órgão a “atuar na promoção da integridade privada e na prevenção, na identificação e na responsabilização de atos de corrupção”.

A CGU é o órgão responsável pelo controle interno do governo federal. Tem como funções a atuação na defesa do patrimônio público, na prevenção e no combate à corrupção e no incremento da transparência de gestão.





Por: Redação Oeste

Outras notícias

Comentários