Banner Outras
Notícias recentes
Quatro ministros votam a favor da condução coercitiva e 2 contra; STF adia decisão

Quatro ministros votam a favor da condução coercitiva e 2 contra; STF adia decisão

access_time13/06/2018 18:43

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retomou nesta quarta-feira (13) a discussão acerca da p

MEC terá novo sistema de exames e passará a avaliar creche em 2019

MEC terá novo sistema de exames e passará a avaliar creche em 2019

access_time28/06/2018 14:54

A educação infantil será avaliada pela primeira vez no ano que vem pelo Instituto Nacional de Estudo

Vídeo mostra ação de bandidos durante assalto à Vivara; veja

Vídeo mostra ação de bandidos durante assalto à Vivara; veja

access_time04/06/2018 23:22

Imagens do assalto ocorrido no início da tarde desta segunda-feira (04), na joalheria Vivara do Goia

Cliente é assassinado em casa noturna de Cuiabá e polícia investiga o crime
Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Cuiabá — Foto: Reprodução/TVCA

Cliente é assassinado em casa noturna de Cuiabá e polícia investiga o crime

Os amigos que levaram a vítima até o hospital contaram à polícia que um homem, supostamente morador do Bairro Pedra 90 teria sacado a arma, atirado e, em seguida, fugido do local em um carro

access_time20/01/2020 10:59

Um homem de 29 anos foi assassinado dentro de uma casa noturna localizada na Avenida Beira Rio, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (20).

A Polícia Militar foi acionada por testemunhas que afirmaram ter ouvido tiros no local.

Chegando lá, os militares foram informados que a vítima havia sido socorrida por amigos e levada até o Pronto-Socorro de Cuiabá.

O homem morreu logo após dar entrada na unidade médica.

Os amigos que o levaram até o hospital contaram à polícia que um homem, supostamente morador do Bairro Pedra 90, em Cuiabá, teria sacado a arma e atirado contra a vítima e, em seguida, fugido do local em um carro.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso para identificar o assassino e quais o que teria motivado o crime.





Por: Por G1 MT

Outras notícias

Comentários