Spigreen
Notícias recentes
Seis pessoas ficam gravemente feridas após veículos baterem de frente em ultrapassagem indevida

Seis pessoas ficam gravemente feridas após veículos baterem de frente em ultrapassagem indevida

access_time30/12/2018 14:17

Seis pessoas ficaram feridas gravemente em um acidente envolvendo dois carros de passeio na BR-163,

Paciente internado com coronavírus foge de hospital e é detido pela polícia

Paciente internado com coronavírus foge de hospital e é detido pela polícia

access_time21/05/2020 10:59

Um paciente que estava internado com coronavírus (Covid-19) fugiu de um hospital particular onde est

Forte divisão marca início de julgamento do impeachment de Trump

Forte divisão marca início de julgamento do impeachment de Trump

access_time22/01/2020 10:29

O julgamento do impeachment do presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump teve início com for

CNJ define que Tribunais são livres para fixar horário de funcionamento

CNJ define que Tribunais são livres para fixar horário de funcionamento

O Conselho levou em conta as peculiaridades locais, características de custo, possibilidade de atendimento por parte do cada Tribunal em respeito à autonomia

access_time01/09/2020 19:57

Na sessão desta terça-feira, 1, o CNJ definiu que os Tribunais são livres para fixar seus respectivos horários de funcionamento. O Conselho levou em conta as peculiaridades locais, características de custo, possibilidade de atendimento por parte do cada Tribunal, em respeito à autonomia de cada Corte.

O relator do ato administrativo é o ministro Dias Toffoli, que votou por não fixar um modo de horário ou um período mínimo de funcionamento pelos Tribunais.

Em sua manifestação, o ministro Toffoli relembrou que a resolução 130/2011, do CNJ, que prevê horário de funcionamento uniforme de oito horas para o Poder Judiciário brasileiro, está suspensa desde 2011 pelo STF.

O entendimento do presidente do CNJ foi acompanhado por: Luiz Fernando Tomasi Keppen; Mário Augusto de Figueiredo de Lacerda Guerreiro; Candice Lavocat Galvão Jobim; Flávia Moreira Guimarães Pessoa e Maria Tereza Uille Gomes.

Os conselheiros André Godinho, Tânia Regina Silva Reckziegel, Maria Cristina, Marcos Vinicius Jardim e Henrique Ávila votaram pela posição defendida pela OAB pelo respeito ao mínimo de 7h.

Já os conselheiros Emmanoel Pereira, Rubens de Mendonça Canuto Neto e Ivana Farina votaram pelo respeito ao mínimo de 6h.





Por: Migalhas

Outras notícias

Comentários