ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Mulher sofre emboscada e acaba baleada com oito tiros em Peixoto

Mulher sofre emboscada e acaba baleada com oito tiros em Peixoto

access_time27/03/2023 08:22

Uma mulher de 25 anos foi alvo de uma emboscada e foi baleada com oito tiros, no sábado, por volta d

Federação proíbe ‘mulheres trans’ de competirem em eventos femininos

Federação proíbe ‘mulheres trans’ de competirem em eventos femininos

access_time24/03/2023 10:52

A Federação Internacional de Atletismo anunciou que “mulheres trans” (pessoas que nasceram do sexo m

Jogador do Cuiabá é alvo de operação contra manipulações de jogos de futebol

Jogador do Cuiabá é alvo de operação contra manipulações de jogos de futebol

access_time15/02/2023 09:13

O lateral-direito do Cuiabá, Mateusinho, foi um dos alvos da operação do Ministério Público de Goiás

Condenado por estupro, Daniel Alves consegue liberdade provisória na Espanha

Condenado por estupro, Daniel Alves consegue liberdade provisória na Espanha

Tribunal permitiu sua soltura mediante o pagamento de uma fiança no valor de 1 milhão de euros; ex-jogador também teve seus passaportes apreendidos

access_time20/03/2024 10:13

O ex-jogador brasileiro Daniel Alves conquistou liberdade provisória na Espanha após o tribunal de Barcelona que julga o caso permitir sua soltura mediante o pagamento de uma fiança no valor 1 milhão de euros (equivalente a R$ 5,4 milhões), enquanto seus recursos contra a condenação por estupro são examinados. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (20). Além de pagar a fiança, o jogador de 40 anos teve seus passaportes espanhol e brasileiro confiscados, para evitar sua fuga. Alves ainda deve manter distância da vítima do estupro, delito pelo qual foi condenado a quatro anos e meio de prisão, uma sentença que está em processo de apelação. Ele nega o crime e afirma que teve relações consensuais com a mulher.

Em 22 de fevereiro, Daniel Alves foi sentenciado a quatro anos e meio de prisão por estuprar uma mulher de 23 anos em uma boate na Espanha. O caso aconteceu em dezembro de 2022. O tribunal concluiu que a vítima não consentiu com a relação sexual, resultando na condenação do atleta. Além disso, descartou a alegação de que o crime foi cometido sob efeito de embriaguez e considerou que há provas que atestam o abuso.





Por: Jovem Pan com informações da AFP

Outras notícias

Comentários