Banner Outras
Notícias recentes
Águas de Peixoto pede apoio dos moradores para que o consumo de água seja feito de maneira consciente

Águas de Peixoto pede apoio dos moradores para que o consumo de água seja feito de maneira consciente

access_time25/05/2018 14:35

Devido à greve de caminhoneiros nas estradas em todo o país, que já afeta o fornecimento de combustí

Governo assina decreto e libera atividades econômicas em locais protegidos em MT

Governo assina decreto e libera atividades econômicas em locais protegidos em MT

access_time07/09/2018 08:30

O governo do estado de Mato Grosso assinou o Decreto 1.647, excluindo a proteção das áreas úmidas (p

Realizada formação da Editora Positivo para profissionais da educação

Realizada formação da Editora Positivo para profissionais da educação

access_time21/02/2019 09:39

Secretaria Municipal de Educação realizou no Centro de Convivência dos Idosos a primeira formação de

Criadores de MT dão início à segunda etapa da vacinação contra febre aftosa
Animais devem ser vacinados até o dia 30 de novembro — Foto: TVCA/Reprodução

Criadores de MT dão início à segunda etapa da vacinação contra febre aftosa

Animais de até dois anos devem ser vacinados até o dia 30 de novembro

access_time03/11/2018 15:33

A segunda etapa da vacinação contra febre aftosa teve início nesta quinta-feira (1º) em Mato Grosso. O objetivo da campanha é vacinar 13,6 milhões de animais de até dois anos de idade e manter o estado livre da doença.

A vacinação segue até o dia 30 novembro para todos os municípios, com exceção do baixo pantanal. E, o produtor rural tem até o dia 15 de dezembro para informar a vacinação ao Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT).

A multa para o criador que deixar de vacinar o rebanho é de R$ 137,76 1 por animal não vacinado.

Caso haja atraso na comunicação da vacina, o produtor rural fica impossibilitado de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias.

De acordo com Indea, a última ocorrência de febre aftosa em Mato Grosso foi registrada em 1996. Diante disso, segundo a presidente do órgão, Daniella Bueno, a última vacinação a ser realizada no estado será em maio de 2021 e, depois disso, o estado será considerado livre da doença.

“Estamos caminhando para a retirada da vacinação, mas até lá nós temos que continuar com os índices acima de 99% para garantir ao mercado exportador que o estado está definitivamente livre da aftosa”, disse ela.

No entanto, em 2019 cerca de 300 mil animais ainda devem ser vacinados.

Brucelose
O produtor pode aproveitar o manejo do rebanho para vacinar as fêmeas com idade de 03 a 08 meses contra brucelose. A segunda etapa da campanha teve início em 1º de julho e vai até 31 de dezembro. A vacinação precisa ser feita uma única vez. A comunicação ao Indea deve ser feita até o dia 10 de janeiro de 2019.





Por: Por G1 MT

Outras notícias

Comentários