Banner Outras
Notícias recentes
Operação da PF combate fraudes no Ministério do Trabalho

Operação da PF combate fraudes no Ministério do Trabalho

access_time05/07/2018 09:07

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (5) a 3ª fase da Operação Registro Espúrio, com o objetivo de

Sitiante é picado por cobra surucucu e morre em hospital

Sitiante é picado por cobra surucucu e morre em hospital

access_time20/11/2019 18:50

O morador de um assentamento em Cláudia, morreu, na segunda-feira (18), após ser picado por cobra su

Começa prazo para entrega de documentos da lista de espera do Prouni

Começa prazo para entrega de documentos da lista de espera do Prouni

access_time04/08/2018 07:54

Os candidatos selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm de ho

Currículo de candidato indicado a primeiro-ministro da Itália é questionado
Luigi Di Maio e Giuseppe Conte, em fotografia de 1º de março de 2018 (Foto: Filippo Monteforte/AFP)

Currículo de candidato indicado a primeiro-ministro da Itália é questionado

Jornais afirmaram que Giuseppe Conte não realizou alguns cursos que constam em seu CV

access_time23/05/2018 09:07

O currículo do jurista Giuseppe Conte, que foi indicado para ocupar o cargo de premier da Itália pelo Movimento Cinco Estrelas e pela Liga Norte, gerou dúvidas no país depois que vários meios de comunicação informaram que o advogado não realizou alguns cursos que figuram no documento, segundo a Efe.

Em seu CV, ele afirma ter “aprofundado seus estudos de Direito” em inúmeras universidades estrangeiras, entre elas a de Nova York, Cambridge, e Sorbonne (Paris), segundo a Rádio França Internacional.

As dúvidas surgiram quando o correspondente em Roma do "The New York Times", Jason Horowitz, afirmou que nos registros da New York University (NYU) não aparece nenhuma pessoa com o nome de Conte que tenha estudado lá.

No extenso currículo de dez páginas do professor de Direito proposto ao presidente, Sergio Mattarella, para ser o primeiro-ministro do país, aparece que entre 2008 e 2012 Conte realizou cursos de pelo menos um mês, a cada verão, em tal universidade.

Horowitz afirmou que fontes da NYU explicaram que "uma pessoa com este nome não aparece nos registros como estudante ou professor externo" e acrescentaram que "é possível que tenha seguido algum programa de um ou dois dias, dos quais a universidade não conserva os registros".

No currículo do professor também constam períodos de cerca de três meses de estudos na prestigiada Universidade de Yale e de Pittsburgh, nos Estados Unidos.

As dúvidas sobre sua experiência foram crescendo e alguns veículos de imprensa apontam que a universidade de Viena, na qual Conte declara que realizou cursos de aperfeiçoamento sobre Direito Internacional, é na realidade uma escola de alemão.

O jornal italiano "Il Messaggero" informou que recebeu a confirmação de que o jurista não estudou na "Duquesne University" de Pittsburgh e também não ensinou na Universidade de Malta, como figura em seu discutido currículo. O jurista italiano, de 54 anos, professor nas universidades de Florença e na privada Luiss de Roma, ainda não fez comentários a respeito.

Após o nome de Conte ter sido apresentado ontem pelos dois partidos que querem governar, agora o presidente da República deverá avaliar e dar seu beneplácito, além de encarregar assim a formação de um Executivo.

O Movimento Cinco Estrelas, através de seu porta-voz, Giulia Grillo, confirmou a candidatura de Conte, e assim também como o líder da ultradireitista Liga Norte, Matteo Salvini.





Por: G1

Outras notícias

Comentários