anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Rio de Janeiro registra sensação térmica de quase 50ºC

Rio de Janeiro registra sensação térmica de quase 50ºC

access_time10/01/2024 11:37

A cidade do Rio de Janeiro enfrentou mais um dia de calor intenso nesta quarta-feira, 10, de acordo

Parlamentares querem CPI para investigar relações entre Ministério da Justiça e Comando Vermelho

Parlamentares querem CPI para investigar relações entre Ministério da Justiça e Comando Vermelho

access_time14/11/2023 06:27

O deputado federal Amom Mandel (Cidadania-AM) protocolou requerimento para a criação de uma Comissão

Número de alunos matriculados em escolas estaduais militares aumenta 23,5% em 2023

Número de alunos matriculados em escolas estaduais militares aumenta 23,5% em 2023

access_time25/01/2023 19:28

Um balanço prévio do número de alunos matriculados nas 26 escolas estaduais militares, feito pela Se

Dilma não devolveu itens do acervo pessoal, indica TCU
Ao longo do mandato, Dilma incorporou ao acervo pessoal 144 bens recebidos | Foto: Reprodução

Dilma não devolveu itens do acervo pessoal, indica TCU

Entre os presente que ficaram com a ex-presidente estão dois relógios de mesa

access_time20/03/2023 08:04

Dois relógios de mesa, uma travessa em madeira e um painel em tapeçaria pintado estão entre os itens que não foram devolvidos pela ex-presidente Dilma Rousseff à União. Conforme a Administração da Presidência da República, ao todo, seis presentes não foram localizados no acervo pessoal.

Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a busca dos itens ainda em 2016. No entanto, em 2020, a unidade técnica da União afirmou ao órgão que os presentes não foram encontrados. Na época, o valor correspondia a quase R$ 5 mil. O montante não foi pago pela ex-presidente.

Em 2020, após tentativas de cobranças, o Acórdão 1577/2020 decidiu dispensar a cobrança.

“Em relação à ex-presidente Dilma Rousseff, em que pesem as tentativas de cobrança, não consta do processo o recolhimento do montante indicado”, indicou o órgão, em 2020.

A decisão do TCU considerou que o valor dos seis itens incorporados ao acervo pessoal de Dilma Rousseff — e que depois não foram localizados a pedido do tribunal — era de baixa materialidade. “Assim, como o total relativo aos bens faltantes da ex-presidente Dilma Rousseff era de baixa materialidade, não cabia ao TCU a cobrança desse valor”, explicou o tribunal.

Veja a relação de itens não devolvidos por Dilma

  • Rede de descanso intitulada de Hamaca de Tejido Larense;
  • Travessa em madeira do fabricante Muskoka;
  • Relógio de mesa com caixa circular em aço inox, do fabricante Val Saint Lambert;
  • Relógio de mesa fixado em suporte de madeira com porta-canetas;
  • Painel em tapeçaria (medindo 162,5 x 110 cm) mostrando homem tocando instrumento musical, do artista J. Fortes;
  • Pintura detecido (medindo 88x68cm) retratando mulher negra com pote na cabeça e filho nas costas, com inscrição “Povo Hereiro”

Ao longo do mandato, de 2011 a 2016, Dilma incorporou ao acervo pessoal 144 bens recebidos em cerimônias no exterior e no Brasil.





Por: Redação Oeste

Outras notícias

Comentários