Spigreen
Notícias recentes
Justiça determina fechamento de pontos turísticos para evitar aglomeração em Pontes e Lacerda

Justiça determina fechamento de pontos turísticos para evitar aglomeração em Pontes e Lacerda

access_time10/06/2020 14:40

A Justiça determinou nessa terça-feira (9) o fechamento do Terminal Turístico e ao Balneário Beira R

Em menos de dois meses, 317 novos casos de hanseníase são registrados em MT

Em menos de dois meses, 317 novos casos de hanseníase são registrados em MT

access_time24/11/2018 18:07

Entre os dias 27 de agosto e 19 de outubro deste ano a Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou

Prefeito e vereador de Peixoto de Azevedo assinam convênios em Cuiabá

Prefeito e vereador de Peixoto de Azevedo assinam convênios em Cuiabá

access_time27/07/2018 07:49

O Prefeito Maurício Ferreira acompanhado do vereador Gilmar Santos esteve na quarta-feira (25) na Ca

Dois são presos em Peixoto por promessa de
Suspeitos prometiam "limpar nome" de devedores

Dois são presos em Peixoto por promessa de "limpar nome" de clientes

Homens foram presos em flagrantes e soltos após pagarem fiança de R$ 1,2 mil cada

access_time21/06/2018 00:07

Dois homens foram detidos por abordarem pessoas em Peixoto de Azevedo sob a promessa de que “limpariam” o nome delas em serviços de proteção ao crédito, como o SPC e Serasa.

Eles foram presos na sexta-feira (15) após denúncia do presidente da OAB do município, Marcus Macedo. Os suspeitos estariam trabalhando em nome de um advogado do município.

Na ação para captar clientes, eles espalhavam panfletos com a promessa de tirar o nome dos consumidores de listas de restrição. Para dar veracidade ao caso, eles ainda usavam identificações falsas de consultores do SPC e Serasa.

Os homens foram presos em flagrante por falsidade ideológica e liberados mediante pagamento de fiança de R$ 1,2 mil cada um.

De acordo com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a ação fere o Código de Ética Profissional, que limita a publicidade de serviços advocatícios.

Será instaurado processo ético disciplinar para apurar a conduta do advogado. Juntamente com o material apreendido durante o flagrante, constava procuração em nome do profissional.

Como funciona
A captação funciona da seguinte forma: os agentes procuram consumidores e oferecem o serviço: limpar o nome. Há ainda os que prometem arrecadar algum tipo de fundo com isso.

Para isso, eles entram com uma ação contra a empresa com a qual o cliente tem débitos, alegando cobrança indevida. 

Nesse processo, o juiz normalmente determina a retirada do nome da pessoa do SPC e Serasa, enquanto a ação acontece.

A prática não é nova no mercado. Há sete anos, em Cáceres, um casal foi preso por usar um carro de som para promover ações de aposentadorias rurais.





Por: Midia News

Outras notícias

Comentários