anuncie aqui
Notícias recentes
Reunião sobre frete termina sem acordo; Fux decidirá em agosto

Reunião sobre frete termina sem acordo; Fux decidirá em agosto

access_time28/06/2018 14:51

A segunda reunião no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a tabela de preços mínimos de frete, reali

Universitário é preso ao tentar levar anabolizantes e celulares do Paraguai para o Pará

Universitário é preso ao tentar levar anabolizantes e celulares do Paraguai para o Pará

access_time04/06/2018 23:18

Um homem, de 33 anos, foi preso pelo Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta segunda-feira (4), na B

Dólar mantém queda e é vendido a R$ 3,75 nesta tarde
Dólar abriu o dia em queda

Dólar mantém queda e é vendido a R$ 3,75 nesta tarde

Otimismo tomou conta do mercado financeiro no Brasil nesta segunda-feira, após primeiro turno das eleições

access_time08/10/2018 15:58

O dólar continuava trajetória de queda na tarde desta segunda-feira (8), dia seguinte ao primeiro turno das eleições. Às 13h30, a moeda norte-americana registrava queda de 2,56% em relação ao real, sendo vendida a R$ 3,7566.

O dólar turismo era vendido nas casas de câmbio entre R$ 3,89 e R$ 3,96, conforme sondagem feita pelo R7 no começo da tarde.

O motivo da forte desvalorização da moeda norte-americana em relação ao real tem relação com o desempenho de Jair Bolsonaro (PSL) na votação de ontem.

O candidato — tido pelo mercado financeiro como mais liberal na economia do que o adversário, Fernando Haddad (PT) — conquistou 46,03% dos votos, contra 29,28% do petista.

"Parte da animação do mercado advém na renovação do Congresso. Essa renovação, independentemente da sigla partidária, dá esperança ao povo", disse à agência Reuters o diretor de operações da Mirae, Pablo Syper, para quem, no entanto, a volatilidade deve continuar alta até o desfecho das eleições, com as pesquisas ainda ditando o humor do mercado.

Bolsa em alta
O principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa, também registrava alta na tarde desta segunda-feira, com valorização de 3,91% às 13h30.

As ações de empresas estatais, como a Petrobras, subiam mais de 9% em alguns momentos. Os papeis da Eletrobras tinham valorização superior a 10%.





Por: Fernando Mellis, do R7, com Reuters

Outras notícias

Comentários