anuncie aqui
Notícias recentes
Despacho de bagagem de mão fora do padrão começa nesta quinta em mais 4 aeroportos

Despacho de bagagem de mão fora do padrão começa nesta quinta em mais 4 aeroportos

access_time02/05/2019 09:06

Os passageiros que voarem a partir desta quinta-feira (2) dos aeroportos de Confins (Belo Horizonte)

Ministério vai criar comissão contra o crime organizado

Ministério vai criar comissão contra o crime organizado

access_time20/07/2018 15:47

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou hoje (20) que será criada uma Comissão Nacio

Aos 82, Carlos Alberto de Nóbrega se casa pela terceira vez

Aos 82, Carlos Alberto de Nóbrega se casa pela terceira vez

access_time25/05/2018 13:41

Carlos Alberto de Nóbrega, 82 anos, se casou no civil nesta quinta-feira com a médica nutróloga Rena

Dono de algodoeira é preso por furtar energia que abasteceria cidade por 2 meses

Dono de algodoeira é preso por furtar energia que abasteceria cidade por 2 meses

Ao todo, ele estava furtando aproximadamente 720 MWh de energia. O número seria suficiente para abastecer o município de São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá, por dois meses

access_time03/10/2018 08:47

O dono de uma algodoeira em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, foi preso na terça-feira (2) por furto de energia. Segundo a concessionária de energia, a empresa estava com a rede elétrica ligada diretamente na rede de distribuição.

Ao todo, ele estava furtando aproximadamente 720 MWh de energia. O número seria suficiente para abastecer o município de São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá, por dois meses.

O furto teria gerado prejuízo de R$ 430 mil, sendo que R$ 117 mil seriam de arrecadação de ICMS do estado.

O proprietário, que não teve a identidade divulgada, deve responder por furto qualificado de energia elétrica. Além de responder criminalmente, ele terá que pagar o consumo desviado desde o dia em que fez a ligação direta.

O gerente do estabelecimento também foi conduzido para prestar esclarecimentos. A prisão ocorreu em uma operação conjunta realizada pela Polícia Civil, Perícia Oficial e Identificação Técnica e a Energia, concessionária de energia elétrica.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários