anuncie aqui
Notícias recentes
Palmeiras tenta se aproximar do líder Flamengo antes da Copa

Palmeiras tenta se aproximar do líder Flamengo antes da Copa

access_time13/06/2018 13:18

Palmeiras e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira, às 20h (de Mato Grosso), no Allianz Parque em

Pagamento de saldo de conta do PIS/Pasep começa nesta segunda

Pagamento de saldo de conta do PIS/Pasep começa nesta segunda

access_time18/06/2018 10:39

A primeira fase de pagamento do saldo das cotas do PIS/Pasep para beneficiários de qualquer idade co

Saúde quer vacinar 11 milhões de crianças contra sarampo e pólio

Saúde quer vacinar 11 milhões de crianças contra sarampo e pólio

access_time01/08/2018 08:23

O cirurgião-dentista Ricardo Gadelha, 44 anos, foi diagnosticado com poliomielite pouco antes de com

Dono de algodoeira é preso por furtar energia que abasteceria cidade por 2 meses

Dono de algodoeira é preso por furtar energia que abasteceria cidade por 2 meses

Ao todo, ele estava furtando aproximadamente 720 MWh de energia. O número seria suficiente para abastecer o município de São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá, por dois meses

access_time03/10/2018 08:47

O dono de uma algodoeira em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, foi preso na terça-feira (2) por furto de energia. Segundo a concessionária de energia, a empresa estava com a rede elétrica ligada diretamente na rede de distribuição.

Ao todo, ele estava furtando aproximadamente 720 MWh de energia. O número seria suficiente para abastecer o município de São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá, por dois meses.

O furto teria gerado prejuízo de R$ 430 mil, sendo que R$ 117 mil seriam de arrecadação de ICMS do estado.

O proprietário, que não teve a identidade divulgada, deve responder por furto qualificado de energia elétrica. Além de responder criminalmente, ele terá que pagar o consumo desviado desde o dia em que fez a ligação direta.

O gerente do estabelecimento também foi conduzido para prestar esclarecimentos. A prisão ocorreu em uma operação conjunta realizada pela Polícia Civil, Perícia Oficial e Identificação Técnica e a Energia, concessionária de energia elétrica.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários