Banner Outras
Notícias recentes
País já tem 8,1 milhões de microempreendedores formais

País já tem 8,1 milhões de microempreendedores formais

access_time03/04/2019 08:10

O número de microempreendedores individuais (MEIs) no país ultrapassou neste ano a marca de 8 milhõe

Presos engolem celulares para evitar apreensão de aparelhos durante revista em MT

Presos engolem celulares para evitar apreensão de aparelhos durante revista em MT

access_time09/05/2019 10:03

Dois detentos da Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop, a 503 km de Cuiabá,

Diretor da OMS faz balanço de epidemia de ebola na R.D. Congo

Diretor da OMS faz balanço de epidemia de ebola na R.D. Congo

access_time14/05/2018 08:22

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesusdeve, desembarcou ontem (12

Estelionatário cria perfil com foto da primeira-dama de MT para aplicar golpes
Virginia Mendes sofre de doença renal crônica — Foto: Caroline De Vita/ Secom-MT

Estelionatário cria perfil com foto da primeira-dama de MT para aplicar golpes

Criminoso teria pedido para que contatados fizessem pagamentos a fornecedores sob o pretexto de que o aplicativo do banco estaria com problemas

access_time07/11/2019 08:48

Uma foto da primeira-dama do estado, Virgínia Mendes está sendo usada por um estelionatário que criou um perfil falso para aplicar golpes. Virgínia registrou boletim de ocorrência e já está tomando providências.

Entretanto, ela pede para que as pessoas não repassem informações ou façam qualquer tipo de pagamento ou transferência bancária caso sejam abordadas pelo criminoso.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da primeira-dama, um criminoso criou um perfil em um aplicativo de mensagens de celular e anexou uma foto dela.

Por meio desse perfil, o estelionatário se passou por Virgínia e entrou em contato com várias pessoas solicitando pagamento a fornecedores.

O criminoso usou o pretexto de que estava em um workshop, procurou algumas pessoas e pediu para que elas fizessem um pagamento a um fornecedor, alegando que o aplicativo do banco teria dado problema.

O golpista indicou um número de conta para a transferência do dinheiro. A polícia está investigando o caso.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários