Spigreen
Notícias recentes
Casos de feminicídio aumentam 279% em MT em três anos, aponta CNJ

Casos de feminicídio aumentam 279% em MT em três anos, aponta CNJ

access_time12/03/2020 09:55

O número de feminicídios em Mato Grosso aumentou 279% nos últimos três anos, de acordo com relat

Lei que dá prioridade a órfãos em programas habitacionais é sancionada em MT

Lei que dá prioridade a órfãos em programas habitacionais é sancionada em MT

access_time08/11/2019 10:55

Uma lei que dá prioridade aos órfãos em programas habitacionais foi sancionada pelo Governo de Mato

Infraestrutura e Jardinagem na Avenida Sebastião Alves Júnior em Matupá

Infraestrutura e Jardinagem na Avenida Sebastião Alves Júnior em Matupá

access_time12/01/2019 07:52

Depois de executar as obras de drenagem, galeria de águas pluviais, pavimentação asfáltica, meio-fio

Estelionatário cria perfil com foto da primeira-dama de MT para aplicar golpes
Virginia Mendes sofre de doença renal crônica — Foto: Caroline De Vita/ Secom-MT

Estelionatário cria perfil com foto da primeira-dama de MT para aplicar golpes

Criminoso teria pedido para que contatados fizessem pagamentos a fornecedores sob o pretexto de que o aplicativo do banco estaria com problemas

access_time07/11/2019 08:48

Uma foto da primeira-dama do estado, Virgínia Mendes está sendo usada por um estelionatário que criou um perfil falso para aplicar golpes. Virgínia registrou boletim de ocorrência e já está tomando providências.

Entretanto, ela pede para que as pessoas não repassem informações ou façam qualquer tipo de pagamento ou transferência bancária caso sejam abordadas pelo criminoso.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da primeira-dama, um criminoso criou um perfil em um aplicativo de mensagens de celular e anexou uma foto dela.

Por meio desse perfil, o estelionatário se passou por Virgínia e entrou em contato com várias pessoas solicitando pagamento a fornecedores.

O criminoso usou o pretexto de que estava em um workshop, procurou algumas pessoas e pediu para que elas fizessem um pagamento a um fornecedor, alegando que o aplicativo do banco teria dado problema.

O golpista indicou um número de conta para a transferência do dinheiro. A polícia está investigando o caso.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários