anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Os recados de Lira para Lula

Os recados de Lira para Lula

access_time09/03/2023 11:05

Durante uma palestra na Associação Comercial de São Paulo, o presidente da Câmara dos Deputados, Art

Avião cai em Barcelos, no interior do Amazonas, e mata 14 pessoas

Avião cai em Barcelos, no interior do Amazonas, e mata 14 pessoas

access_time16/09/2023 18:15

Um avião de pequeno porte caiu neste sábado, 16 a caminho do município de Barcelos, no interior do A

PT usa Zé Gotinha para pedir dinheiro e novos filiados

PT usa Zé Gotinha para pedir dinheiro e novos filiados

access_time09/05/2023 14:11

O PT usou o Zé Gotinha para pedir dinheiro à legenda, nesta terça-feira, 9. “Já perceberam que o Zé

Estudante de 14 anos que morreu após merenda em escola de Cuiabá sufocou com o próprio vômito
Escola Estadual de Ensino Especial Livre Aprender (foto: reprodução)

Estudante de 14 anos que morreu após merenda em escola de Cuiabá sufocou com o próprio vômito

O aluno era portador de uma deficiência intelectual grave e morava em uma Casa Lar da Capital

access_time08/06/2023 10:49

O adolescente de 14 anos, identificado pelas iniciais A.S.P., que morreu na Escola Estadual de Ensino Especial Livre Aprender, em Cuiabá, na segunda-feira (05), sofreu uma broncoaspiração. A complicação ocorre quando substâncias como líquidos, saliva ou vômito entram na via respiratória. O aluno era portador de uma deficiência intelectual grave e morava em uma Casa Lar da Capital.

A broncoaspiração é comum em idosos e bebês, mas pode ocorrer em diversas etapas da vida.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o adolescente vomitou e o alimento que ele havia consumido parou na traqueia, órgão que faz parte do sistema respiratório, fazendo com que ele morresse sufocado.

A.S.P. foi acolhido em uma Casa Lar de Cuiabá em 2019 e estudava na Escola Livre Aprender, onde faleceu após comer a merenda escolar e passar mal minutos depois.

É rotina da escola que os alunos descansem após a refeição, conforme informou a Seduc, então o adolescente foi se deitar e depois de alguns minutos, passou a sentir um mal-estar.

O menino chegou a receber os primeiros-socorros da enfermeira da equipe multidisciplinar da escola e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado, mas ele não resistiu e morreu na unidade de ensino.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) lamentou a morte do adolescente: "A Seduc se solidariza com a comunidade escolar, professores e demais servidores da Escola Livre Aprender e todos àqueles ligados à família nesse momento de tristeza", afirmou o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.





Por: CHRISTINNY DOS SANTOS DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários