anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Dono luta com ladrão que invadiu casa, tentou furtar carro em Colíder e foi preso

Dono luta com ladrão que invadiu casa, tentou furtar carro em Colíder e foi preso

access_time04/10/2023 10:44

O homem, de 28 anos, foi preso por policiais militares de Colíder, ontem à noite, acusado de tentar

Mauro: Entrando menos dinheiro, teremos que cortar despesas e a população poderá ser prejudicada

Mauro: Entrando menos dinheiro, teremos que cortar despesas e a população poderá ser prejudicada

access_time04/08/2023 09:42

O governador Mauro Mendes (União) alertou que caso seja aprovado no Senado o texto atual da Reforma

Ex-secretário de Saúde de Cuiabá é alvo da PF na quarta fase da Operação Curare
Agentes da PF cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do ex-secretário (foto: reprodução)

Ex-secretário de Saúde de Cuiabá é alvo da PF na quarta fase da Operação Curare

Milton Corrêa da Costa Neto é um dos investigados junto com ex-diretora da UPA do Morada do Ouro

access_time20/04/2023 10:21

O ex-secretário municipal de saúde, Milton Corrêa da Costa Neto, foi um dos alvos da 4ª fase da Operação Curare, deflagrada nesta quinta-feira (20) pela Polícia Federal com o intuito de desmantelar um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro na ordem de até R$ 3 milhões.

O destino do dinheiro investigado servia, a princípio, para ser destinado ao financiamento da saúde pública de Cuiabá. Conforme apurado pela reportagem, agentes da PF cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do ex-secretário.

Médico, Milton Corrêa também é proprietário da Family Medicina e Saúde Ltda que presta serviços médicos em unidades de saúde do município. Além disso, já foi alvo da Polícia Civil na Operação Overpriced, deflagrada em junho de 2021, para desmantelar um esquema de irregularidades desde excesso de compra de medicamentos, somada a sobrepreço até compras sem licitação.

Em junho de 2022, a empresa Family Medicina e Saúde Ltda foi contratada pelo valor de R$ 5,151 milhões pela Prefeitura de Cuiabá para prestação de serviços médicos plantonistas nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Policlínicas.

Também foi apurado que a Polícia Federal vai coletar o depoimento da servidora pública Thamara Ferreira Torres, ex-diretora da UPA do bairro Morada do Ouro.

A PF também ouvirá a servidora Thamara Ferreira Torres, que já foi diretora da Unidade de Pronto Atendimento no Bairro Morada do Ouro - UPA Morada do Ouro.

Conforme a Polícia Federal, as investigações identificaram que recursos do grupo empresarial, oriundos, em última instância, dos cofres municipais, foram empregados na aquisição de uma aeronave, que veio a se acidentar, quando supostamente estava em uso por pessoas ligadas ao ex-servidor.





Por: RAFAEL COSTA DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários