Camara Peixoto
Notícias recentes
Desembargador ignora votação da AL e nega liberdade a deputado

Desembargador ignora votação da AL e nega liberdade a deputado

access_time07/06/2018 22:48

O desembargador José Zuquim negou, nesta quinta-feira (7), liberdade ao deputado estadual Mauro Savi

Prefeito proíbe vender e consumir bebidas alcoólicas em cidade do Nortão para evitar aglomerações e contágio da Covid

Prefeito proíbe vender e consumir bebidas alcoólicas em cidade do Nortão para evitar aglomerações e contágio da Covid

access_time09/04/2021 09:31

O prefeito Toni Dubiella publicou, hoje, um decreto que proíbe o transporte, a comercialização e o c

Porcos selvagens invadem e destroem lavouras em MT

Porcos selvagens invadem e destroem lavouras em MT

access_time21/04/2022 20:02

Registros de ataques de porcos selvagens têm sido comuns em lavouras no interior de Mato Grosso. O p

Filho é preso por matar pai idoso esganado em Confresa, diz polícia
Gilcimar Gomes da Silva, 40 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Filho é preso por matar pai idoso esganado em Confresa, diz polícia

Gilcimar Gomes da Silva, de 40 anos, foi atuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado. Em depoimento, ele entrou em contradições sobre o crime, segundo a polícia

access_time21/08/2018 07:16

Um homem de 40 anos foi preso pela Polícia Civil após matar o próprio pai, José Gomes Adriano, de 78 anos, por esganadura. O crime aconteceu em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá, no sábado (18). Gilcimar Gomes da Silva foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado. O G1 tentou, mas não conseguiu localizar a defesa dele.

Os policiais civis foram acionados para atender ocorrência em uma casa, no bairro Vila Veranópolis. Conforme a denúncia, o idoso havia morrido no local e a causa era desconhecida. No endereço, os policiais e verificaram que no corpo da vítima havia sinais de esganadura. Na ocasião, o filho que residia sozinho com a vítima estava em casa.

Gilcimar demonstrou muito nervosismo ao ser questionado pelos policiais, o que levantou suspeitas. Em conversa com testemunhas, foi descoberto que o idoso tinha dificuldades para andar e passava a maior parte do tempo deitado na cama.

Com base nos indícios, Gilcimar foi encaminhado à delegacia e, durante depoimento, entrou diversas vezes em contradição. Após realização do exame de necrópsia, o médico legista confirmou os sinais de esganadura, tratando-se de morte causada por asfixia com uso das mãos.

Diante das provas, o filho da vítima foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado e foi encaminhado à cadeia de Porto Alegre do Norte, a 1.143 km de Cuiabá.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários