anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Trabalhador morre atingido por descarga elétrica quando descarregava caminhão

Trabalhador morre atingido por descarga elétrica quando descarregava caminhão

access_time27/10/2020 09:29

Um trabalhador morreu após receber uma descarga elétrica em uma fazenda de Sorriso, no norte do esta

Secretaria de Educação homologa documento de implementação do novo Ensino Médio

Secretaria de Educação homologa documento de implementação do novo Ensino Médio

access_time24/05/2021 09:05

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) homologou o Documento de Referência Curricular de Mato

Itaipu: embaixadora acredita em entendimento entre Brasil e Paraguai

Itaipu: embaixadora acredita em entendimento entre Brasil e Paraguai

access_time14/08/2019 16:59

Maior geradora de energia elétrica do mundo e com 46 anos de existência, a Usina de Itaipu enfrenta

Fiscais flagram desmate no Pantanal e aplicam multa de mais de R$ 1 milhão em MT
Fiscais flagraram desmate no Pantanal e aplicaram multa de mais de R$ 1 milhão Santo Antônio de Leverger (Foto: Sema/MT)

Fiscais flagram desmate no Pantanal e aplicam multa de mais de R$ 1 milhão em MT

Ação resultou na condução dos executores do desmate ilegal para a delegacia, apreensão de dois tratores esteira e 80 metros de correntão.

access_time29/05/2018 07:45

Fiscais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema-MT) flagraram o início de um desmate de uma área de 185,2 hectares de vegetação nativa do Pantanal em Santo Antônio de Leverger, a 35 km de Cuiabá.

A situação foi divulgada nessa segunda-feira (28) pela Sema.

A fiscalização foi realizada em uma propriedade rural onde estava ocorrendo a derrubada das árvores.

Na tentativa de legalizar a ação, o proprietário apresentou aos fiscais uma Declaração de Limpeza de Áreas em Imóveis Rurais (DLA).

O documento, segundo a Sema, era fraudulento, uma vez que o referido documento só pode ser utilizado em áreas com vegetação rala e fina.

No entanto, na área a vegetação não atendia essas características, já que as árvores eram de grande porte.

Para a Sema, mesmo assim, este documento não é o correto, uma vez que o Pantanal é uma região de proteção especial e a autorização para limpeza de área somente poderá ser expedida mediante vistoria técnica realizada pela Sema.

O proprietário da área foi autuado em R$ 926 mil e engenheiro responsável pela elaboração do laudo fraudulento foi multado em R$ 250 mil por apresentar informação falsa no âmbito do procedimento administrativo.

A ação de fiscalização resultou na condução dos executores do desmate ilegal para a delegacia, apreensão de dois tratores esteira e 80 metros de correntão.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários