anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
STF retoma julgamento sobre prazo para TCU revisar ou anular aposentadoria

STF retoma julgamento sobre prazo para TCU revisar ou anular aposentadoria

access_time13/02/2020 08:57

Na tarde desta quarta-feira, 12, o plenário do STF retomou julgamento de recurso para saber qual a d

Carreta com madeira tomba em rodovia e causa vazamento de combustível em MT

Carreta com madeira tomba em rodovia e causa vazamento de combustível em MT

access_time04/03/2019 09:01

Uma carreta carregada com lascas de madeira tombou às margens do km 749 da BR-163 em Sorriso, a 420

Presidente Michel Temer sanciona reajuste de 16% para ministros do Supremo

Presidente Michel Temer sanciona reajuste de 16% para ministros do Supremo

access_time27/11/2018 07:32

O presidente Michel Temer sancionou o reajuste de 16% para os salários dos ministros do Supremo Trib

Fiscalização aplica R$ 4,2 milhões em multas por desmatamento em região de assentamento em MT
Fiscalização aplicou R$ 4,2 milhões em multas por desmatamento em região de assentamento em Querência — Foto: Sema/Assessoria

Fiscalização aplica R$ 4,2 milhões em multas por desmatamento em região de assentamento em MT

Equipe de fiscais da Sema, policias e bombeiros militares encontrou crime de desmatamento ilegal e uso irregular do fogo em seis pontos fiscalizados

access_time12/05/2020 08:37

Uma fiscalização aplicou R$ 4,2 milhões em multas por desmatamento e queimada em uma região de assentamento no município de Querência. A ação foi divulgada nessa segunda-feira (11) pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema) de Mato Grosso.

De acordo com a Sema, fiscais da secretaria, servidores do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), e bombeiros militares encontraram os crimes ambientais em seis pontos fiscalizados em região de bioma amazônico, totalizando uma área embargada de quase 700 hectares.

As equipes de fiscalização aplicaram R$ 4,2 milhões em multas por crimes de desmatamento ilegal e uso irregular do fogo.

Dentre os pontos em que foram constatados os crimes ambientais, três infrações ocorreram dentro do projeto de assentamento Pingo D'Água.

A ação das equipes evitou a continuidade de desmatamento ilegal e queima de material lenhoso. Em alguns pontos, as leiras já estavam em formação para posterior uso irregular do fogo.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários