anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Taxista é assassinado em assalto e suspeito é linchado e morto por grupo de taxistas

Taxista é assassinado em assalto e suspeito é linchado e morto por grupo de taxistas

access_time10/09/2018 09:13

Um taxista foi assassinado por um casal nesse domingo (9) em um suposto assalto em Rondonópolis, a 2

Laudo indica que bancária que fez procedimento com o Dr. Bumbum morreu de embolia pulmonar

Laudo indica que bancária que fez procedimento com o Dr. Bumbum morreu de embolia pulmonar

access_time02/08/2018 08:23

Um laudo do Instituto Médico Legal do Rio indica que a bancária Lilian Calixto morreu de embolia pul

CCJ deve votar nesta terça PL sobre impeachment de ministros do STF

CCJ deve votar nesta terça PL sobre impeachment de ministros do STF

access_time04/05/2021 09:30

Nesta terça-feira, 4, a CCJ - Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados deve debate

Forças de segurança apreendem mais de 11 toneladas de drogas em Mato Grosso
Drogas apreendidas em operações - Foto por: Nara Assis / Sesp-MT

Forças de segurança apreendem mais de 11 toneladas de drogas em Mato Grosso

O montante é 103% maior que o apreendido no primeiro semestre de 2020, quando foram apreendidas 5,7 toneladas

access_time30/07/2021 09:57

A apreensão de drogas teve um salto expressivo em Mato Grosso de 2020 a 2021. As forças de segurança apreenderam mais de 11 toneladas de drogas, no primeiro semestre de 2021, um aumento de 103% em relação ao montante do mesmo período de 2020, que foi de 5,7 toneladas. O número exato apreendido entre janeiro e junho deste ano foi 11.692,66 kg.

Os dados são da Superintendência do Observatório de Segurança Pública, vinculada à Adjunta de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Na especificação por tipo de entorpecente, a maioria (5,9 toneladas) é maconha, seguido de cocaína (4,2 toneladas), depois de pasta base (1,4 toneladas) e o restante (0,707 kg) corresponde ao crack.

Já no levantamento por Região Integrada de Segurança Pública (Risp), a de Cuiabá (Risp 1) foi a que teve a maior apreensão de drogas, com 4.018,3 kg. Na Risp 6, de Cáceres, foi registrada a segunda maior quantidade de entorpecente: 1.351,7 kg, e na Risp 10, de Primavera do Leste, foram apreendidos 1.298 kg.

O estudo também mostrou que as forças de segurança do estado apreenderam 5.472,21 kg nos seis primeiros meses de 2019.

Para o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, o aumento significativo é resultado do trabalho cada vez mais integrado e especializado.

“Tudo isso é reflexo do investimento nas forças de segurança feito pelo Governo do Estado, tanto em capacitação dos profissionais, mais qualidade nas investigações e no policiamento ostensivo. O trabalho dos policiais é diuturno e demonstra a capacidade de atuação na retirada de drogas de circulação, o que resulta na redução de outros crimes praticados no estado também”, frisa.





Por: Nara Assis | Sesp-MT

Outras notícias

Comentários