anuncie aqui
Notícias recentes
Seis europeus e dois sul-americanos continuam na briga pela Copa

Seis europeus e dois sul-americanos continuam na briga pela Copa

access_time04/07/2018 08:41

A Copa do Mundo da Rússia se aproxima da sua reta final. Trinta e dois times começaram a competição

Fevereiro seguirá com bandeira tarifária verde

Fevereiro seguirá com bandeira tarifária verde

access_time26/01/2019 09:21

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou hoje (25) que a bandeira tarifária para feve

'Assassinato de jornalista foi planejado com antecedência', diz presidente turco

'Assassinato de jornalista foi planejado com antecedência', diz presidente turco

access_time24/10/2018 07:28

A rede de televisão britânica Sky News divulgou nesta terça-feira (23), que pedaços do corpo do jorn

Ghosn nega diante de juiz ter cometido irregularidades
Carlos Ghosn está preso no Japão, acusado de irregularidades (EFE/ Kimimasa Mayama / direitos reservados)

Ghosn nega diante de juiz ter cometido irregularidades

access_time08/01/2019 08:00

O executivo franco-brasileiro Carlos Ghosn, de 64 anos, ex-presidente da Nissan Motors, negou hoje (8), no Tribunal do Distrito de Tóquio, irregularidades durante sua gestão no comando da empresa. Segundo ele, não cometeu desvio algum e não há motivo para continuar detido.

Foi sua primeira aparição pública desde sua prisão. Ele prestou esclarecimentos diante do juiz a pedido da defesa. No Japão, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos, são divulgados apenas desenhos e não fotografias de depoimentos e julgamentos.

Preso desde novembro, Ghosn é acusado de fraude fiscal. Promotores de Tóquio o denunciaram por suspeita de subnotificação de ganhos de US$ 44,6 milhões em rendimentos e de ter usado ativos da Nissan em benefício próprio.

Segundo o juiz, o empresário está detido porque há o risco de fuga e de destruição de evidências.





Por: Agência Brasil

Outras notícias

Comentários