Banner Outras
Notícias recentes
Bolsa bate novo recorde, e dólar volta a fechar abaixo de R$ 4

Bolsa bate novo recorde, e dólar volta a fechar abaixo de R$ 4

access_time28/10/2019 22:17

O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, renovou seu recorde de fechamento nesta seg

México: López Obrador ganha com 53% dos votos

México: López Obrador ganha com 53% dos votos

access_time02/07/2018 16:02

A esquerda chega ao poder no México, na maior e mais violenta eleição da história recente. Segundo d

Corpo de suposto morador de Peixoto está no IML de Cuiabá

Corpo de suposto morador de Peixoto está no IML de Cuiabá

access_time04/06/2018 15:02

Sebastião Ferreira de Sousa faleceu na manhã de sábado (02) e seu corpo está no IML de Cuiabá. O

Governo de MT assina decreto que mantém suspensas autorizações para desmatamento no estado
Governo suspende autorizações para desmatamento em MT — Foto: Gcom/MT

Governo de MT assina decreto que mantém suspensas autorizações para desmatamento no estado

Período proibitivo é prorrogado até novembro. Incêndios em Áreas de Preservação, Parques Nacionais e Terras Indígenas dentro do estado serão combatidos por equipes do governo federal

access_time03/09/2019 09:02

Foi publicado no Diário Oficial do Estado de sexta-feira (30), o decreto assinado pelo governador Mauro Mendes (DEM), que suspende até o dia 30 de novembro a emissão de novas autorizações de desmate, em todo o estado.

O decreto também proíbe o uso de fogo para limpeza e manejo de áreas também até o dia 30 de novembro. De acordo com o governador, essas ações são complementares, pois os focos de queimadas estão sob controle.

Com relação às Áreas de Preservação, os Parques Nacionais e Terras Indígenas, a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, explicou que as estratégias de combate aos incêndios serão definidas pelo governo federal.

"Nessas áreas e no entorno delas, o combate fica a cargo do Ibama e do Prev-Fogo, o estado apenas auxilia", explicou.

Ainda segundo ela, para que os resultados sejam satisfatórios, é preciso desenvolver estratégias inteligentes.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários