Banner Outras
Notícias recentes
Quase 3 meses após tragédia, 32 barragens da Vale estão interditadas

Quase 3 meses após tragédia, 32 barragens da Vale estão interditadas

access_time22/04/2019 08:42

Passados quase três meses da tragédia de Brumadinho (MG), 32 barragens da mineradora Vale sediadas e

Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura

Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura

access_time03/07/2018 07:30

Após encontro com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, o vice-primeiro-ministro do Vie

Coringa | Ator diz que Joaquin Phoenix estava “ferrando com a própria psique”

Coringa | Ator diz que Joaquin Phoenix estava “ferrando com a própria psique”

access_time19/11/2019 06:25

A interpretação de Joaquin Phoenix em Coringa tem sido amplamente comentada, seja pela crítica e pel

Governo federal autoriza exploração de área de garimpo em Pontes e Lacerda (MT)
Cerca de 8 mil pessoas foram até o local em busca de enriquecimento fácil (Foto: Júlio Cesar Ferreira de Souza/ Arquivo pessoal)

Governo federal autoriza exploração de área de garimpo em Pontes e Lacerda (MT)

Ao todo, área a ser explorada é de 4.257,06 hectares e chega até o município de Vila Bela da Santíssima Trindade. Ato foi publicado no Diário Oficial da União

access_time01/06/2018 07:59

O governo federal autorizou a exploração de áreas de garimpo em Mato Grosso em Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade, a 483 km e 562 km de Cuiabá, respectivamente.

O ato é assinado pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Westphalen e foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) que circulou na terça-feira (29).

De acordo com a publicação, o governo dá assentimento prévio para que uma cooperativa explorem ouro as áreas que, ao todo, somam 4.257,06 hectares.

As áreas estão liberadas para uso sob o regime de Permissão de Lavra Garimpeira (PLG).

Em 2015, uma área foi invadida por garimpeiros no município. O local ficou conhecido como a 'Nova Serra Pelada'.

A busca pelo ouro chegou a reunir oito mil pessoas, que se instalaram de forma precária em busca de ouro e enriquecimento fácil.

O MPF ajuizou uma ação contra as três mineradoras que entraram com pedido de lavra junto ao Departamento Nacional de Proteção Mineral (DNMP) e contra os três proprietários da área onde o garimpo está localizado.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários